Os esforços da TV Aberta para levar informação ampla e precisa aos catarinenses

01 de Abril de 2020

A dedicação das equipes e a criatividade de cada emissora têm orientado o dia-a-dia das pessoas e empresas

 

Mais uma vez, a televisão aberta prova ser um dos principais centros de informação e entretenimento nos lares de Santa Catarina. É o que mostram dados recentes de audiência, relacionados a um período em que o público demanda atualização constante e diversidade de informações: a pandemia do novo coronavírus. 

A posição de destaque da TV em relação a outras mídias se deve ao grande potencial de crescimento da audiência do meio em diferentes momentos da vida da população, inclusive aqueles críticos, que envolvem tensões e incertezas. Uma Copa do Mundo, um desastre ecológico, uma tragédia humana, uma decisão governamental, uma Olimpíada ou até mesmo um final de novela é capaz de trazer a televisão aberta para o foco das atenções. Agora, o combate ao novo coronavírus traz mais um exemplo disso

O AcontecendoAqui solicitou às quatro redes de Tv Aberta em Santa Catarina - Band, ND, NSC e SBT - o que cada uma fez para levar informação e entretenimento aos catarinenses nesta fase em que ficar em casa é a melhor opção para minimizar o problema. Confira o que elas nos contaram:

 

ND - RECORD
O Grupo ND tem se destacado pelo seu compromisso de bem informar os catarinenses durante a batalha contra o Covid-19. Como veículo de comunicação, tem a missão de prestar serviço e fornecer informações de qualidade que ajudem o público a melhor se informar sobre a pandemia. Antes mesmo do início do decreto governamental que previa o isolamento social, mobilizou a NDTV | Record TV, Portal nd+, impresso ND e redes sociais, para acompanhar diariamente o tema atualizando diariamente as informações sobre a doença.

Montamos na redação integrada do Grupo ND o “Plantão Coronavírus “ para ouvir especialistas, tirar dúvidas do público integrando todas as nossas plataformas. Elaboramos um guia rápido sobre as prevenções à doença, em pdf, que pode ser baixado por meio do portal. Dezenas de especialistas se revezaram no vídeo para responder centenas de perguntas que, diariamente, chegam à redação. 

Todo o esforço jornalístico de nossas equipes foi no sentido de atualizar os dados sobre a doença, mas, principalmente dar espaço para todos os segmentos da sociedade, acompanhando o impacto da pandemia nas principais cidades catarinenses onde estamos presentes pela NDTV | Record TV. 

O Portal Coronavírus mobilizou dezenas de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas, além de todas as redações do Grupo ND para garantir informação verdadeira, considerando que em casos como esta crise, é fundamental o papel de um veículo de comunicação para ajudar a população a encarar o problema, sem alarmismo ou estimulando o pânico.

Em paralelo à grande produção de conteúdo informativo, o Grupo ND desenvolveu ações para resgatar a autoestima dos catarinenses e ajudar a estimular o comércio e os pequenos prestadores de serviço com o movimento “ND tá com você”, uma iniciativa que levou para a NDTV | Record TV anúncios gratuitos de quem faz delivery.

Com abrangência estadual, o movimento #ndtacomvc está permitindo que as populações possam utilizar os serviços dos pequenos empreendedores que estão hoje confinados e sem perspectivas de abrir seus negócios por conta da quarentena. 

Pensando em ajudar as famílias carentes, o Grupo ND decidiu fazer uma edição extra da Maratona da Solidariedade. O projeto, que sempre é executado em dezembro, tem 20 anos de história e já arrecadou mais 750 toneladas de alimentos. Nesta versão, as pessoas poderão aproveitar sua ida ao supermercado, comprar uma cesta básica e destinar a uma instituição de caridade, solicitando que o supermercado faça a entrega. A campanha será lançada no dia 31 de março

A NDTV | Record TV também é media partner do Mega Hack Covid-19, um hackathon realizado de forma 100% online, no qual as equipes deverão apresentar um projeto com soluções para os problemas que a sociedade vem enfrentando neste período de luta contra o vírus. O Mega Hack conta com a participação de profissionais como o economista Ricardo Amorin, e todos podem acessar as palestras pelo portal ND+.
Outra ação desenvolvida foi o movimento “Você na tela da NDTV” que estimula músicos, mágicos, atores, enfim, pessoas que tem algum talento e que estão em casas, a enviarem pequenos vídeos para serem exibidos na televisão. A iniciativa, desenvolvida em todo o Estado, por meio das emissoras de Florianópolis, Chapecó, Itajaí, Xanxerê, Blumenau e Joinville, tem a finalidade de estimular artistas ou anônimos a mostrarem seus talentos para alegrar os catarinenses em quarentena.

Além disso, o marketing da empresa está focando suas forças, em home office, para envolver a todos com esses projetos e criando peças de comunicação que incentivam a população a ficar em casa, cuidar da sua saúde e das pessoas próximas, além de comunicar todos estes movimentos. São materiais de conscientização e de reconhecimento aos profissionais que estão se empenhando durante a quarentena.

 

NSC - GLOBO
A NSC está sempre ao lado dos catarinenses e, nesses momentos, reforça a sua atuação, com jornalismo profissional, com serviço relevante e responsabilidade cidadã. O público reconhece estas características nos nossos produtos. Foi assim dois anos atrás, na greve dos caminhoneiros, e está sendo agora, no combate ao coronavírus - afirma César Seabra, diretor de Jornalismo da NSC.

O público tem ainda mais informações em tempo real. A programação foi modificada, com um aumento expressivo no tempo dedicado ao jornalismo.  Hoje, a cobertura ocupa cerca de 11 horas consecutivas, na faixa das 4h às 15h, com a exibição do noticiário regional e nacional. Ao longo da tarde e da noite, boletins e telejornais também contam com espaço ampliado para atualizar todas informações sobre o avanço e a prevenção da Covid-19. Apenas na última semana (entre 23 e 27 de março), por exemplo, foram 325 entradas ao vivo — uma média de 65 por dia. 

Números
Nos últimos dias, a NSC TV teve um aumento de 35% em sua audiência diária. Esta marca expressiva é obtida quando comparamos os números registrados de 17 a 25 de março com a média sustentada desde o início do ano, isto é, de 1º de janeiro a 16 de março. 

O crescimento comprova que a emissora tem atraído uma sólida base de telespectadores ligados em todas as faixas horárias, consolidando ainda mais sua liderança no estado. Os dados demonstram ainda uma resposta positiva do público aos investimentos da equipe de jornalismo da NSC TV. 

Do mesmo modo, os conteúdos de entretenimento ganham força para distrair o público em quarentena. Assim, o crescimento de audiências se consolida em todas as faixas de programação da NSC TV. 
Pesquisas apontam que, em todo o país, as pessoas procuram informações sobre a situação da pandemia primeiramente na televisão aberta, por estar presente na maioria dos lares, com fácil acesso e credibilidade em alta. Em Santa Catarina, a julgar pelos dados da NSC TV, a situação não parece ser diferente.

Mercado e inspíração
A NSC laçou o movimento #JuntosporSantaCatarina, um canal onde são exibidas dicas de prevenção e consumo consciente, delivery sem contato, produção de álcool gel, liberação de conteúdos e cursos online, doações entre outras iniciativas. O objetivo é inspirar e apoiar segmentos nesse momento de isolamento social, mostrando histórias de marcas, empresas e pessoas do Estado, Brasil e mundo.

Além das notícias, também estão ocorrendo ações junto ao mercado anunciante, como apoio aos restaurantes e deliverys, campanhas de suporte aos produtores de eventos, produtos de entretenimento digital e condições especiais para apoiar as marcas que queiram se comunicar com seu público através de serviços, mensagens de otimismo e de utilidade pública.

 

SCC - SBT

As últimas semanas ficarão marcadas na história da humanidade e serão lembradas por muito tempo, por todos os que viveram estes dias. Desde que o Brasil registrou o primeiro caso do novo coronavírus, o departamento de conteúdo do SCC/SBT esteve atento aos desdobramentos dos fatos que culminaram na situação me que estamos hoje. Assim que a Secretaria de Estado da Saúde confirmou o primeiro caso de COVID-19 em território catarinense, nossas equipes já estavam mobilizadas e desde o primeiro instante tiveram a prestação de serviços e as recomendações de prevenção ao vírus, como norte principal na análise e produção das informações.

O SCC/SBT mobilizou todas as suas equipes de reportagem em todas as regiões do Estado, para levar aos telespectadores as informações mais atualizadas sobre o avanço da COVID-19 em Santa Catarina. Logo que a quarentena foi decretada, a emissora liberou os colaboradores de suas áreas não essenciais para o regime de home office, mas manteve a sua área de conteúdo atuante e focada neste assunto. Sempre com extrema responsabilidade e sem gerar pânico na população.

Na Primeira semana da quarentena, o SBT Meio-Dia passou de 1h45min de duração, para três horas de duração ao vivo. Nas plataformas digitais, também mobilizamos nossas equipes para continuar levando informação em tempo real aos catarinenses. No Twitter, Facebook, Instagram, YouTube e SCCPlay, o departamento de conteúdo do SCC/SBT produziu horas de transmissões e publicações, com dicas de prevenção, transmissões de coletivas de imprensa das autoridades nacionais e estaduais, vídeos informativos e notícias sobre dados e ações dos órgãos oficiais das três esferas de poder a nível municipal, estadual e federal.

Nas ruas, as equipes do SCC/SBT acompanharam de perto o fechamento do comércio e da economia, bem como acompanhou a angústia de empresários e trabalhadores que viram sua renda desaparecer. Estamos exibindo edições especiais do SBT Meio-Dia aos sábados, no dia 21 exibimos também uma edição especial do SBT News e temos veiculado inúmeros boletins durante a nossa programação, para levar informações aos catarinenses, com a agilidade que a notícia exige. No próximo sábado (04) exibiremos o especial Juntos Por Santa Catarina, que tem por objetivo levar uma mensagem de esperança e serenidade aos lares das famílias catarinenses. Apenas no Facebook, a cobertura do SCC/SBT registrou um alcance de 6.997.555 pessoas e registrou 461.521 interações. São dados históricos que demonstram o sucesso e a credibilidade dessa cobertura.

O novo coronavírus representaram um dos maiores desafios do nosso tempo e mudou a concepção de muitos conceitos na nossa sociedade. O cenário nos próximos meses ainda é incerto, mas usaremos a nossa voz para levar tranquilidade, esperança e contribuir para a retomada do desenvolvimento em Santa Catarina.

 

TVBV - BAND
A TVBV, afiliada do Grupo Bandeirantes, incluiu em sua programação local a cobertura e retransmissão de coletivas a vivo e entrevistas relativas à Covid-19.

Além disso, passou a exibir boletins locais em toda a programação, no formato da rede, o “#Informei”. São reportagens locais e pontuais no decorrer do dia para atualização das informações do combate à doença no Estado de SC. Com isso, expandimos a programação local para todos os horários, da manhã até à noite.

Assim como a TVBV, as Rádios Band FM Floripa e Lages, que compõem o Grupo Barriga Verde, também passaram por alterações: 
As rádios Band FM Floripa e de Lages, atualizam as informações e divulgam medidas preventivas para conter a expansão da epidemia, tem apresentado em sua programação local boletins informativos em parceria com a TVBV, representada pelo diretor de Conteúdo Roberto Azevedo, que de duas a três vezes por semana, apresenta informações sobre o cenário durante 15 minutos no programa “Manhã Show”, exibido diariamente das 9h às 12h.

A participação de Azevedo no estúdio da Rádio, também é compartilhada pelo IGTV da emissora, alcançando outras milhares de pessoas.

Levando em consideração essa importância da sincronia com as informações compartilhadas nas mídias sociais, a Band FM Floripa intensificou os posts de conteúdo jornalístico em suas plataformas oficiais: Instagram e Facebook.

 

Notícias Relacionadas