NET usa bicicletas para atender clientes em Florianópolis

30 de Abril de 2019

Operadora busca agilidade no atendimento, preservando o meio ambiente

Viu um técnico da NET andando de bicicleta em Florianópolis? Não estranhe. A operadora está investindo em meios alternativos para burlar o trânsito caótico dos grandes centros e ainda diminuir a emissão de poluentes.

A NET é pioneira em incluir este tipo de atendimento. O projeto teve início em 2015, no Rio de Janeiro, e desde então ganha espaço em outras cidades, como Santos e Sorocaba, em São Paulo, e agora na capital catarinense.

“A implantação do atendimento técnico com bicicletas eletro assistidas depende da disponibilidade de ciclovias e ciclofaixas estruturadas e que atendam boa parte das áreas que temos clientes e assim, permitam a mobilidade segura das nossas equipes”, comenta Isabel Neves Maciel, Diretora de SC da Claro Brasil.

Este tipo de locomoção dos técnicos traz benefícios em diferentes áreas e escalas. O tempo entre um atendimento e outro foi reduzido em 1/3, já que o deslocamento não passa pelos entraves do trânsito e da busca de locais para estacionar.  Outro ponto importante desta mudança é a redução de emissão de CO². Cada bicicleta que é incluída no projeto é um carro a menos circulando nas ruas da cidade. Somente no Rio de Janeiro, onde os atendimentos acontecem nos bairros de Copacabana, Leme, Ipanema e Leblon, são 45 técnicos utilizando as bikes. 

A saúde do colaborador também é um ponto a ser ressaltado. A qualidade de vida melhora consideravelmente, uma vez que não tem o stress de ficar parado muito tempo no trânsito e diminui o sedentarismo. 

“Quando iniciamos o projeto no Rio de Janeiro questionamos quais colaboradores queriam aderir às bikes, mas ao verem as vantagens e as mudanças na saúde os técnicos passaram a buscar esta nova opção”, relata a executiva.

Todos os colaboradores que aderem às bicicletas passam por treinamento e ganham uniforme diferenciado, que atende às necessidades de segurança, como capacetes, luvas e roupas com faixas refletivas. 

A inclusão das bicicletas eletro assistidas foi tão positiva na cidade do Rio de Janeiro que o projeto foi implantado em Santos, litoral de São Paulo, que hoje opera com 10 bicicletas, e chega a Florianópolis, que já estará com dois técnicos atuando. 

“Até o final do ano há a intenção de crescer ainda mais o número de cidades e bicicletas da NET circulando por todo país. Já estão em estudo as cidades de São Paulo e Brasília”, comenta Isabel Neves Maciel, Diretora de SC da Claro Brasil.