Mídia Sul: Jornais vivem momento de transformação e crescem

17 de Setembro de 2015

Palestra “5 mensagens do jornal ao multiplataforma: transformação e oportunidades” realizada pela vice-presidente de Jornais e Mídias Digitais do Grupo RBS, Andiara Petterle

O jornal passa por um período de transformação, mas continua essencial e em crescimento, mas pelo meio digital e com conteúdo pago, analisou a vice-presidente de Jornais e Mídias Digitais do Grupo RBS, Andiara Petterle. A palestra “5 mensagens do jornal ao multiplataforma: transformação e oportunidades” abriu os trabalhos à tarde no Mídia Sul 2015, no auditório da Fiesc, em Florianópolis.

“Antes o jornal trazia as notícias no dia seguinte. Hoje é na hora e com interação. Se consome notícia todo o dia”, lembrou. O jornal é cada vez mais digital. E o jornalismo é cada vez mais relevante. Como há “muitas vozes” falando muito sobre tudo, a credibilidade do jornal é muito importante para o público. Nesse contexto, as marcas jornalísticas são muito relevantes, alertou Andiara, tanto que são fontes para os leitores, que checam nos jornais as informações que circulam nas redes sociais.

“Com isso, os jornais crescem em todo o mundo e no Brasil, mas pelo meio digital. Pesquisas mostram que 92% dos brasileiros acessam links de notícia pelo celular e que a maioria dos links compartilhados são de conteúdo jornalístico”, mostrou. Outro dado importante é que 58% das pessoas confiam mais no jornal do que em outras mídias.

No caso do jornal impresso, Andiara observou que a mudança é oferecer mais profundidade e análise para o leitor, que não procura isso na internet, onde tudo é rápido, objetivo. Ela reforçou ainda três aspectos: uma boa distribuição do impresso, entender que mobile é o caminho e que as marcas precisam ter o que dizer.

A palestrante apresentou ainda as alterações que serão feitas no Diário Catarinense no próximo mês, com alteração na sua marca para DC:. Seu conteúdo buscará responder justamente à análise das transformações no jornal, feita por ela no Mídia Sul 2015.

Empreendedora e executiva do mercado digital desde 1998, Andiara Petterle foi diretora-executiva de Estratégia e Desenvolvimento de Negócios da e.Bricks Digital, empresa de investimentos no setor digital do Grupo RBS, onde atuou como executiva e conselheira de diversas empresas de tecnologia, e-commerce e mídia no Brasil. Foi fundadora do Grupo Bolsa de Mulher – uma das maiores empresas de mídia digital feminina da América Latina –, CEO da Predicta e de outras empresas digitais no país. Fez graduação e mestrado na PUC-RJ em Comunicação Social. Foi pesquisadora convidada da Brown University e participou de programas de formação de negócios na Harvard Business School e Stanford University Graduate School of Business. 

A palestra teve como painelistas Marcelo Lopes Carneiro, gerente de comunicação da Fiesc; Fernando Bond, diretor editorial da Associação dos Jornais do Interior - Adjori; e Rosa Estrella, presidente do Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina.

O seminário tem como tema “A Mídia Gerando Novos Negócios”. Junto com o evento, acontece o 2º Encontro Nacional de Anunciantes e Agências, com o tema "A Revolução do Consumo - desafios e oportunidades para agências e anunciantes”.

O Mídia Sul 2015 é uma realização do Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina (SINAPRO/SC) e B21 Negócios. 

Texto de Cláudio Schuster, Intermídia

Confira a entrevista de Andiara Petterle à equipe da TV AcontecendoAqui:

Notícias Relacionadas