Mais de 500 profissionais do Grupo RBS participarão da cobertura das eleições municipais no RS

25 de Setembro de 2020

Conteúdos foram pensados a partir de pesquisas realizadas com eleitores

Neste domingo (27), começa mais uma corrida eleitoral e, com ela, a cobertura do Grupo RBS, com informações que colaborem para uma escolha consciente no momento do voto. Este ano, além das adaptações necessárias em razão da pandemia, os conteúdos jornalísticos com foco nas eleições são acompanhados de uma série de novidades, pensadas a partir de pesquisas realizadas junto a eleitores gaúchos.   

Para dar início à cobertura, na segunda-feira (28), às 8h10, a Rádio Gaúcha fará um debate entre os 13 candidatos à prefeitura de Porto Alegre. Em razão da pandemia, o encontro será realizado em formato drive-in, inédito no país. Para garantir a segurança de todos, cada concorrente debaterá de dentro do seu carro, no estacionamento do Grupo RBS. A ação terá mediação do jornalista Daniel Scola e contará com ampla cobertura antes, durante e depois na Rádio Gaúcha, em GZH, Zero Hora e no Diário Gaúcho. GZH transmitirá ao vivo, em vídeo.  

Um grupo de trabalho multidisciplinar da empresa vem pensando nas Eleições 2020 desde o ano passado. Os conteúdos planejados foram elaborados a partir de pesquisas aplicadas antes e depois da chegada da covid-19, para calibrar o foco do time de comunicadores e jornalistas da RBS. A primeira sondagem, realizada em fevereiro deste ano, envolveu 1.486 pessoas e a segunda, em julho, 2.060. Nas duas ocasiões, segundo a analista Gabriela Schmidt, da área de Inteligência de Mercado da RBS, os entrevistados apontaram as propostas dos candidatos, os problemas da cidade ou do bairro e a investigação de suspeitas de corrupção como os conteúdos mais importantes.  

– Preparamos toda a nossa cobertura com base nessas pesquisas, porque entendemos que os eleitores são os protagonistas. Os resultados nos mostraram o que realmente é importante para o nosso público, não só em temas, mas também em formatos, e é nisso que apostamos – destaca a diretora de Jornalismo de Jornais e Rádio do Grupo RBS, Marta Gleich.  

Envolvendo mais de 500 profissionais, GZH, Zero Hora, Diário Gaúcho, Pioneiro, Gaúcha e RBS TV terão conteúdos dedicados ao jornalismo de soluções, com temas específicos do cotidiano da população e foco na resolução das dificuldades. A ideia é, mais do que apresentar o assunto, investir na saída para os problemas, visando ao desenvolvimento da sociedade.   

A partir de 6 de outubro, a RBS TV dará início a ampla cobertura diária do tema, ainda mais extensa do que em anos anteriores. Respeitando todos os protocolos sanitários, as equipes abordarão assuntos de interesse do público, esmiuçando propostas de campanha e acompanhando as atividades diárias dos candidatos.  

Segundo turno

Também na RBS TV, está confirmado o tradicional debate do segundo turno, em 27 de novembro, último dia permitido antes da votação, nas sedes da RBS onde houver essa etapa. Quanto ao primeiro turno, por orientação da Globo para todas as emissoras da rede, em razão das restrições da pandemia, a RBS TV só fará debates se houver acordo entre as siglas para a participação dos quatro candidatos à frente na pesquisa eleitoral mais recente (Ibope ou DataFolha) e se houver segurança em relação aos protocolos de prevenção à covid-19 para proteção às equipes da RBS e dos candidatos. Caso isso seja possível, os encontros serão realizados em 12 de novembro.  

 

Notícias Relacionadas