Machado de Assis Real | Ação contra racismo recria imagem do autor

25 de Abril de 2019

Iniciativa vem de uma parceria entre a Faculdade Zumbi dos Palmares e a Grey Brasil

A Faculdade Zumbi dos Palmares e a Grey Brasil lançam o movimento "Machado de Assis Real", no mês do Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor, com o objetivo de divulgar uma imagem do escritor mais fiel à realidade. A imagem foi recriada com base em dados históricos e fotografias antigas, respeitando seus traços negros, sua origem e o tom da sua pele.

A ação é enfatizada por uma foto descoberta pelo pesquisador Felipe Rissato em 2018 que mostra o escritor com traços africanos. Mas a maioria dos brasileiros desconhece o fato, já que, por conta do racismo, Machado de Assis teve a pele clareada e os traços distorcidos passando-se por um homem branco.

A intenção do movimento é buscar reparar a injustiça racial na literatura do país, garantindo que as próximas gerações conheçam a verdadeira história de Machado de Assis. Além disso, a ideia é inspirar jovens artistas negros a se expressar para superar o preconceito racial.