Publicidade
Lutador Anderson Silva é pego em novo exame antidoping do UFC
12 de Fevereiro de 2015

Lutador Anderson Silva é pego em novo exame antidoping do UFC

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook
Foto: Reprodução/SporTV Foto: Reprodução/SporTV

Um novo exame antidoping feito por Anderson “Spider” Silva no dia 31 de janeiro, dia da vitória sobre Nick Diaz no UFC 183, deu positivo para substâncias proibidas. O resultado ainda não foi divulgado, mas a informação foi apurada pelo Combate.com com fontes próximas ao Ultimate Fighting Championship (UFC).

Publicidade

O primeiro exame, realizado no dia 9 de janeiro, deu positivo para o uso de drostanolona e androsterona – um esteroide anabolizante e uma forma de testosterona, respectivamente. O segundo foi realizado dia 19 de janeiro e deu negativo para todas as substâncias proibidas. Agora no terceiro teste, com o resultado positivo, o lutador deve ser suspenso por um período que varia de nove meses a dois anos.

Além do afastamento, Spider deve perder parte da bolsa de luta, de aproximadamente US$ 800 mil, e ter o resultado da luta alterado de “vitória” para “sem resultado”.

Nick Diaz, o adversário no UFC 183, também foi pego no antidoping, mas com metabólitos de maconha. Spider e o adversário devem ser convocados no próximo dia 17 de fevereiro pela Comissão Atlética do Estado de Nevada para explicarem em uma reunião os resultados dos testes.

 

Com informações do SporTV.

 

Veja também:

Novo comercial da Budweiser comemora o retorno de Anderson Silva ao UFC após fatídico acidente

Anderson Silva procura emprego como segurança e se sai bem na entrevista

Anderson Silva vira piada na internet após derrota na luta contra Chris Weidman

Publicidade
Publicidade