Linha de Frente: Especial conta a história de catarinenses contra a Covid-19

16 de Setembro de 2020

Trabalho de divulgação é uma iniciativa da SECOM do Governo de Santa Catarina

Na foto de Ricardo Wolffentbüttel/ Secom, família que passou pela doença e se recuperou

 

A diretora de escola Eliane, o produtor rural Marcos, a família Lemes de recuperados, a empreendedora Anamaria, e o médico infectologista Marcos. Essas são as histórias que fazem parte do conteúdo especial da Secretaria Executiva de Comunicação (Secom) lançado nesta quarta-feira, 16, e que marca uma homenagem a todos os cidadãos que estão enfrentando a Covid-19 em Santa Catarina. Eles relatam suas rotinas de trabalho, a superação e a esperança em dias melhores. A produção também traz dados das ações do Governo do Estado em seis meses de enfrentamento à pandemia, em diversos setores.

Neste período, Santa Catarina conseguiu achatar a curva de contágio e preparar sua rede de saúde. O governo estadual mais do que dobrou o número de unidades de UTI e garantiu que nenhuma vida fosse perdida por falta de leito. Esse trabalho assegurou a menor taxa de letalidade do país e uma marca próxima a 200 mil recuperados da Covid-19 no Estado.

O especial “Linha de Frente - Catarinenses contra a Covid-19” é o reconhecimento aos que que continuam lutando para vencer as adversidades e incertezas, às vítimas e seus familiares, pessoas que fazem parte de mais um capítulo da história de superação do estado.

Médico

 

Enfermeira

 

Linha de frente
O vírus parecia uma realidade distante quando as primeiras notícias vindas do exterior desembarcaram aqui. Houve tempo de estudo, preparo, planejamento. E no momento que os primeiros casos entre os catarinenses se confirmaram, tomamos medidas duras, mas necessárias, para garantir que o mais importante fosse preservado: a vida.

Em seis meses de enfrentamento, Santa Catarina conseguiu achatar a curva de contágio e preparar sua rede de saúde. O governo estadual mais do que dobrou o número de unidades de UTI no período e garantiu que nenhuma vida fosse perdida por falta de leito. Esse trabalho assegurou a menor taxa de letalidade do país e uma marca superior a 200 mil recuperados da Covid-19 no Estado.

Os resultados na saúde dão esperança. Mas são apenas uma das faces de uma guerra vencida em muitas frentes. Vitórias de herois comuns, homens e mulheres que estão em pé no campo, na cidade, nas salas de aula, nas empresas, nos hospitais, nas indústrias, nas estradas e também em casa. Cada um fazendo a sua parte e todos juntos construindo um estado ainda mais forte e vencedor.
 

Notícias Relacionadas