Publicidade
Jornalistas nos EUA são mortos a tiros durante transmissão ao vivo
26 de Agosto de 2015

Jornalistas nos EUA são mortos a tiros durante transmissão ao vivo

Publicidade

A repórter Alison Parker e o cinegrafista Adam Ward foram assassinados a tiros na manhã desta quarta-feira, 26, enquanto faziam uma entrevista ao vivo no estado da Virginia, nos Estados Unidos. Os profissionais trabalhavam para a emissora WDBJ, afiliada à rede norte-americana CBS.

Durante a transmissão a jornalista estava entrevistando uma mulher, até que ela é surpreendida pelos tiros. O cinegrafista foi atingido primeiro e o vídeo mostra o momento em que ele cai no chão junto com a câmera. A repórter e a fonte saem correndo, mas elas são atingidas mesmo assim. Alison não resistiu aos ferimentos. A fonte foi atingida nas costas e precisou passar por cirurgia.

Publicidade

O atirador, que é um ex-empregado da emissora. Ele tem 41 anos, de acordo com a Associated Press, e foi preso. A polícia começou a persegui-lo logo depois do crime. Mais tarde, a imprensa norte-americana divulgou a informação de que ele tinha se ferido propositalmente.

Publicidade
WhatsApp
Junte-se a nós no WhatsApp para ficar por dentro das últimas novidades! Entre no grupo

Ao entrar neste grupo do WhatsApp, você concorda com os termos e política de privacidade aplicáveis.

    Newsletter