Jornalistas do 1º Seminário de Marketing Político dizem que país está “de cabeça para baixo” e cenário é incógnita

10 de Abril de 2018

A eleição de outubro promete grande tensão, agravada pelos últimos acontecimentos políticos. Os desdobramentos dessa situação no cenário estadual e as estratégias dos partidos para lançamento de candidaturas serão assunto de um painel, dia 25, no 1º Seminário Catarinense de Marketing Político, promovido pelo Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina, na FIESC. Participam da bancada os jornalistas Adelor Lessa, Cláudio Prisco Paraíso, Roberto Azevedo e Upiara Boschi. O jornalista Paulo Alceu será o mediador do painel e mestre de cerimônias do evento, que incluirá também palestras com o ministro Admar Gonzaga (TSE), o estrategista digital Rodrigo Gadelha e o marqueteiro político Marcelo Vitorino.

Para o jornalista Cláudio Prisco Paraíso, veterano na cobertura política, com larga experiência em redações de jornais e emissoras de televisão, o quadro é grave e confuso. “O país está de cabeça para baixo. A operação Lava Jato mudou totalmente o status quo da prática política e da estratégia eleitoral. Não se sabe quem vai chegar vivo nas eleições de outubro”, disse, lembrando que no Estado algumas das maiores lideranças políticas saíram chamuscadas da operação. “O ex-governador Raimundo Colombo foi denunciado por caixa dois, João Rodrigues preso e Paulo Bauer sob investigação. E ainda pode vir mais pela frente. Não houve tempo de criar estratégias. Será uma campanha de pouco mais de um mês e totalmente imprevisível”, observa o jornalista.

Segundo Upiara Boschi, “O quadro nacional impede definições de nomes e afeta as estratégias de marketing dos partidos. Não há como fazer previsões, embora acredite que as eleições de 2018 vão testar a força das redes sociais nas estratégias eleitorais”, comentou.  O colunista Roberto Azevedo considera que o descrédito da classe política deixou os partidos mais cautelosos na definição de candidaturas. “Antes das convenções será difícil uma estratégia agressiva de marketing”, disse.

Serviço

O que: 1º Seminário Catarinense de Marketing Político
Quando: 25/04/2018
Local: Federação das Indústrias de Santa Catarina - FIESC
Horário: 8h30 às 17h30
Inscrições: neste link

Clique na galeria para ampliar as imagens: