Jornal O Globo usa drone para entrevistar personalidades em casa

01 de Junho de 2020

Antonio Fagundes, Fábio Porchat, Maitê Proença e Deborah Secco já foram entrevistados

 

Criatividade e senso de urgência e oportunidade. É o que o jornal carioca utiliza para impactar seus leitores ao introduzir essa novidade para produzir conteúdos. 

Reinvenção
Para este período em que o isolamento social é recomendado, o veículo reinventa a forma de produzir grandes entrevistas com o uso da tecnologia ao produzir a série em vídeo “Entrevista na janela”. Na proposta, as perguntas são feitas pela repórter por telefone e as imagens do convidado, dentro de casa, captadas por um drone. Confira as entrevistas em oglobo.globo.com/cultura.

O ator Antonio Fagundes foi o segundo participante do projeto do GLOBO nessa quinta-feira, dia 28 de maio. A primeira rodada da série teve a participação do ator, apresentador e roteirista Fábio Porchat. Para os próximos papos em vídeo, nomes como o das atrizes Maitê Proença e Deborah Secco já estão confirmados.

A iniciativa de usar um drone para fazer as entrevistas mostra um ângulo completamente diferente do entrevistado, que fala de sua janela retratando o momento marcado pelo afastamento físico. No vídeo, enquanto o drone mostra o convidado na janela de sua casa, a repórter aborda temas relacionados ao atual momento de confinamento.

“Vivemos tempos em que precisamos ainda mais nos reinventar e trabalhar a criatividade. O GLOBO vem oferecendo ao leitor diferentes opções de conteúdo informativo e de entretenimento que tem a tecnologia como sua grande aliada. Com o ‘Entrevista na janela’ apostamos no drone para trazer uma perspectiva nova do entrevistado, que também está em casa. E para as pessoas cujas atividades permitem manter este isolamento, a janela é a única visão real do mundo. Com isso, juntamos essa simbologia com uma boa entrevista”, destaca André Miranda, editor-executivo da redação integrada O Globo, Extra e Época.

 

Notícias Relacionadas