Iniciativa catarinense de voluntariado online é referência para relatório da ONU

13 de Dezembro de 2011

 Relatório inédito da ONU destaca a importância das novas tecnologias parao enfrentamento dos grandes prob

 

Relatório inédito da ONU destaca a importância das novas tecnologias para o enfrentamento dos grandes problemas mundiais por meio do voluntariado. Exempo catarinense está alinhado com estudo

O Relatório do Estado do Voluntariado no Mundo foi lançado pela ONU (UNVolunteers) em uma centena de países simultaneamente no Dia Internacional do Voluntariado, no dia 5 de dezembro. Entre os destaques do relatório, chamado de SWVR, está a importância que é dada às novas tecnologias para o enfrentamento dos grandes problemas mundiais por meio do voluntariado. O capítulo três, dedicado totalmente ao voluntariado no Séc. XXI examina três aspectos da mudança do voluntariado no mundo.

Fernanda Bornhausen Sá, presidente voluntária da ONG catarinense Instituto Voluntários em Ação (IVA), participou, a convite da ONU, da consulta regional para a América Latina, que aconteceu em fevereiro de 2011, na cidade de Buenos Aires. O objetivo do evento foi ouvir uma série de pessoas para a elaboração do relatório.

O IVA, com o apoio da UNVolunteers, introduziu o voluntariado online no Brasil em 2008, com a criação do www.voluntariosonline.org.br, Nesses três anos e meio de atuação, a organização tem vivenciado diariamente todas as constatações do Relatório sobre o Estado do Voluntariado no Mundo. "O voluntariado online é uma realidade em nosso país graças a essa iniciativa inédita e inovadora, que nasceu em Santa Catarina e ganhou o Brasil e o mundo" explica Fernanda Bornhausen Sá. A presidente voluntária do IVA tem sido convidada para apresentar a experiência e o projeto Voluntários Online em vários países. Em 2010 esteve na Namíbia, África e em novembro de 2011 no Japão.

Para conhecer mais sobre a iniciativa, além de acessar o site www.voluntariosonline.org.br, é possível conferir apresentações no Slideshare da organização, em que são apresentados alguns exemplos de voluntariado online que tem feito a diferença no Brasil e também um resumo do relatório da ONU em português.
 

Relatório aponta interação entre voluntariado e tecnologia

Outro ponto apontado no relatório discorre sobre como os desenvolvimentos tecnológicos estão abrindo espaços para que as pessoas realizem trabalhos voluntários de formas sem paralelo na história. A tecnologia dá voz e permite as pessoas conversarem entre si numa escala global, e mais rápido do que nunca. O relatório apresenta os seguintes tópicos: voluntariado e tecnologia; voluntariado e comunicações móveis; voluntariado e a internet.

O advento das TICs está revolucionando as ações de voluntariado. Voluntariado e ativismo online via mídias sociais e micro-voluntariado são tendências que crescem muito rápido.  Algumas das experiências mais exitosas estão ocorrendo em países em desenvolvimento, com o uso das tecnologias móveis, fenômeno extraordinário chamado de “Revolução Móvel”. O uso de SMS está causando grande impacto, com o relato de várias experiências bem sucedidas na África.

Mesmo que o acesso à internet ainda não esteja perto de sua universalização, o voluntariado online vem crescendo rapidamente no mundo e aumentou consideravelmente a liberdade e a flexibilidade para o engajamento de voluntários. A maioria dos voluntários online se engaja em atividades operacionais e de gerenciamento. Canais nas mídias sociais, como Twitter, Facebook e Orkut têm ajudado as pessoas a compartilharem informações e a se organizarem. Em vários níveis, as TICs tem introduzido um estilo de voluntariado em rede, com um fluxo de informação horizontal e participativo.