Veículos do Grupo RIC SC e Regional FM lançam parceria a favor do contorno viário

29 de Abril de 2019

Um dos compromissos dos veículos é acompanhar as obras e as ações de governo

 

A RICTV | Record TV e o ND, em parceria com a rá­dio Regional FM, promoveram nesta segunda-feira (29), o lançamento do movimento “Contorno Viário Já!”. A ação mobilizará a sociedade para que governos, poderes pú­blicos, entidades de classe, lideranças empresariais e re­presentantes políticos atuem em favor da conclusão da obra prevista para 2012 e sem data para acabar. O evento foi realizado na Praça das Bandeiras, Cen­tro de Palhoça.

No local foram distribuídos adesivos do movimento e exemplares avulsos do ND, que na edição desta segunda-feira trouxe ampla reportagem sobre os entraves do Con­torno Viário. O jornalismo da RICTV esteve presente com transmissões ao vivo para o Balanço Geral, sob o comando de Raphael Poli­to. A mo­bilização foi transmitida também pelo Facebook, Twitter e Instagram da emissora.

Além de moradores e usuários da BR-101, fo­ram convidados prefeitos dos municípios da Grande Florianópolis, representantes de entidades de classe e li­deranças empresariais e po­líticas. A exemplo de outros movimentos de sucesso pro­movidos pela RICTV, o “Con­torno Viário Já!” levará in­formações importantes para a comunidade, que há quase sete anos sofre com o trân­sito pela não conclusão do projeto que promete desafogar o tráfego na região.

 

Um dos compromissos dos veículos de imprensa envolvidos no movimento é acompanhar as obras e as ações de governo junto aos órgãos federais e estaduais para a conclusão do Contor­no Viário. Para o presidente-exe­cutivo do Grupo RIC em San­ta Catarina, Marcello Corrêa Petrelli, o movimento é uma forma de prestação de servi­ço à comunidade. “Desta forma, auxiliamos os municípios a cobrarem das autoridades públicas a solu­ção para um problema que já vem se prolongando há muito sem nenhuma previsão”, dis­se. Segundo ele, o movimen­to será mais uma bandeira da empresa que mostra a im­portância do envolvimento da imprensa na comunidade onde atua.

 

O diretor- geral e proprie­tário da rádio Regional FM, comunicador Luiz Carlos Go­edert, afirma que é inaceitável que há cinco anos seja cobrado pedágio no trecho de uma obra inacabada. “A lei é para todos. A concessionária deveria ter entregado o projeto em 2012, caso contrário seria desclassi­ficada. Não aceitamos a demo­ra, nem a cobrança de taxas aos motoristas”, declarou.

mulher segurando um adesivo sobre demora na construção de anel viário em sc