Grupo RBS e Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho abrem inscrições para o 5º Prêmio RBS de Educação

19 de Junho de 2017

A Fundação Maurício Sirotsky Sobrinho (FMSS) abriu nesta segunda-feira (19) as inscrições para a 5ª edição do Prêmio RBS de Educação – Para Entender o Mundo. Ao todo, R$ 21,5 mil serão distribuídos entre cinco educadores de escolas públicas e privadas com as melhores práticas de estímulo a leitura e escrita.

Este ano, além das categorias Educador Escola Pública e Educador Escola Privada, foram incorporados três prêmios de destaque para trabalhos que tratarem de três temas específicos: raça, gênero e inclusão. Os novos reconhecimentos têm o objetivo de mobilizar os participantes a desenvolverem trabalhos que atinjam as metas 4 e 10.2* dos “17 objetivos do Desenvolvimento Sustentável”, propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU). A iniciativa é uma ação de Investimento Social Privado (ISP) do Grupo RBS, desenvolvida a partir da preocupação da empresa com a qualidade da Educação Básica no Brasil e com os problemas históricos de analfabetismo do país. 

Aos participantes, é proposto elaborar um vídeo para apresentar e explicar o projeto de mediação de leitura desenvolvido na escola. As atividades podem ser desenvolvidas em qualquer área de conhecimento. O site do prêmio também irá oferecer gratuitamente o curso online “Encontros de Leituras para Boas Conversas 2017”, construído pelo CENPEC e certificado pela Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul, destinado a qualquer pessoa que se interesse pelo tema, ou profissionais que queiram aperfeiçoar suas práticas em sala de aula. A ferramenta traz informações sobre leitura e sobre o papel do mediador, apresentando estratégias de mediação para que todos os interessados possam refletir sobre as ações que desenvolvem, tendo subsídio para aprimorá-las. O prêmio tem apoio técnico do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Os vencedores da categoria formal serão escolhidos via voto popular, e os prêmios destaque, por uma comissão de especialistas do tema. A seleção terá quatro etapas: avaliação da ficha cadastral por especialistas; avaliação do vídeo por especialistas; seleção dos finalistas por comissão julgadora; e determinação dos vencedores por voto popular. Ao total serão três finalistas para cada categoria formal e para cada prêmio destaque, totalizando 15 finalistas e cinco vencedores.

Confira quem pode participar:

Educador de Escola Pública
Podem participar educadores, de todas as áreas do conhecimento, que estejam lecionando em 2017, no Rio Grande do Sul, para alunos matriculados em instituições públicas de ensino, mantidas pelo poder público estadual, municipal ou federal, na Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio) do ensino regular ou EJA (Educação de Jovens e Adultos). Também podem se inscrever nessa categoria os demais profissionais vinculados a essas instituições (ex.: bibliotecários, técnicos administrativos, gestores e demais profissionais) que desenvolvam atividades regulares de mediação de leitura com as mesmas turmas de alunos.

Educador de Escola Privada
Podem participar educadores, de todas as áreas do conhecimento, que estejam lecionando em 2017, no Rio Grande de Sul, para alunos matriculados em instituições de ensino privadas – assim entendidas as particulares no sentido estrito, comunitárias, confessionais ou filantrópicas, conforme descritas na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e Sistema S – na Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio) do ensino regular ou EJA (Educação de Jovens e Adultos). Também podem se inscrever nessa categoria os demais profissionais vinculados a essas instituições (ex.: bibliotecários, técnicos administrativos, gestores e demais profissionais) que desenvolvam atividades regulares de mediação de leitura com as mesmas turmas de alunos.

Premiação:

Total – R$ 21,5 mil
Finalistas – R$ 500 (para cada um dos 15 finalistas)
Primeiro Lugar Categoria Educador Escola Pública – R$ 4 mil
Primeiro Lugar Categoria Educador Escola Privada – R$ 4 mil
Primeiro Lugar Destaque Gênero – R$ 2 mil
Primeiro Lugar Destaque Raça – R$ 2 mil
Primeiro Lugar Destaque Inclusão – R$ 2 mil

*A meta 4 dos “17 objetivos do Desenvolvimento Sustentável” diz: Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos. A meta 10 versa sobre: Reduzir as desigualdades dentro dos países e entre eles, sendo o item 10.2 mais específico: Até 2030, empoderar e promover a inclusão social, econômica e política de todos, independentemente da idade, gênero, deficiência, raça, etnia, origem, religião, condição econômica ou outra.