Encontro com Presidente Bolsonaro foi marcado por reconhecimento da importância da Midia Regional

22 de Agosto de 2019

Participaram radiodifusores e jornalistas dos 3 Estados do Sul

O café da manhã relizado nesta quinta-feira, 22/8, em Brasília, contou com a  presença de radiodifusores, empresários e jornalistas dos 3 Estados do Sul.  "Foi a primeira vez que um presidente da República recebeu uma comitiva composta por empresários da Radiodiusão para mostrar a representatividade da Mídia Regional.“Tivemos a oportunidade de mostrar ao nosso presidente o papel e o perfil dos jornais e emissoras de rádio e televisão do Estado de Santa Catarina. Sentimos a emoção do presidente ao falar dos problemas nacionais com os quais se depara todo dia e, também, ouvimos dele sua consideração à Mídia Regional", destacoi Marcello Corrêa Petrelli, presidente da ACAERT, entidade organizadora do encontro.
 

A fala de Bolsonaro
O primeiro a falar foi o presidente Jair  Bolsonaro que fez um balanço do que acabara de tratar com a imprensa nacional quando falou de alguns temas de interesse nacional. Um deles, as queimadas que estão acontecendo na Amazônia as quais, segundo ele, são orquestradas por ONGs que estão à serviço de interesses internacionais que estão de olho nas riquezas do Brasil, tudo aquilo que está no subsolo do nosso País. O objetivo deles é criar problemas para estragar a imagem do Brasil mudou à fora.

O presidente também abordou a questão do preço dos combustiveis. Ele disse que questionou o presidente da Petrobrás por que há baixa nos preços dos combustíveis na refinaria mas não acontece isso na bomba. Será que tem um cartel aí, perguntou o presidente.

Bolsonaro falou muito, também, sobre os financiamentos do BNDES para compra de jatinhos para celebridades e empresários com juros de 3% a.a. O presidente disse que vai continuar mostrando os demandos do governo passado e que tem gasto muito do seu tempo para desfazer esses desmandos.
 

Outro ponto enfatizado pelo presidente foi seu reconhecimento sobre a importância da Mídia Regional e conclamou a todos que divulguem o quanto puderem todas as notícias para que os
brasileiros tomem conhecimento da verdade, pois a grande mídia direciona suas coberturas para evidenciar coisas como aquela que tratou de problemas de sua sogra ocorrido há mais de 20 anos.

"Os propósitos do Governo Federal é fazer um Brasil Novo para os brasileiros". Nesse sentido, pediu muito a ajuda da Mídia Regional porque ela está próxima do povo e sabe que o povo
precisa.

E, por fim, falou da sua consideração ao povo catarinense porque foi onde ele obteve maior percentual de votos na sua eleição.

O que se viu foi um presidente emocionado com os temas que trouxe na sua fala e um tom de desabafo pelo que ele chamou de pereguição de alguns meios de comunicação

Duas perguntas após as apresentações das falas da ACAERT e ADI, foram para ele tomar providências para uma revisão na Justiça do Trabalho e abrir a caixa preta do ECAD. No caso da Justiça do Trabalho, Bolsonaro disse que já estão sendo tomadas providências e que no caso do ECAD vai colocar seu olho em cima.