MEMÓRIA | Conheça o modelo de negócio que ocupa o vácuo deixado por agêncais de propaganda e digitais

20 de Fevereiro de 2020

Diretora da Gume Reputação & Engajamento, Regina Augusto, falou sobre formas, características e caminhos para a construção de conexões entre marcas e o público

Matéria publicada originariamente no portal AcontecendoAqui em 21 de setembro de 2015

 

 

Num mundo em constante mudança, novas marcas e negócios, onde é difícil e complexo fazer a diferença, ao mesmo tempo em que não existem muitas regras, há códigos e conceitos a serem observados. Regina Augusto, diretora da Gume Reputação & Engajamento, tratou desse tema na palestra “Marcas, causa e pessoas: O desafio de ser relevante para um mundo em transformação”, última palestra do Mídia Sul 2015, realizado na quinta-feira (18), no auditório da Fiesc, em Florianópolis.

 

Para a construção de conexões das marcas com o público de uma forma não linear, característica de nosso tempo, embora não tenha fórmulas, há caminhos. Para Regina augusto, eles passam por questões como relevância, colaboração, experiência, propósito e transparência.

“As marcas podem levantar discussões para a sociedade, assumindo posições diante de questões polêmicas para fazer diferença”, defendeu. Entre os cases apresentados, mostrou a campanha da Boticário para o Dia dos Namorados, que mostra diferentes tipos de casais, heterossexuais e homossexuais, trocando presentes. “É preciso assumir posições num monde onde todos têm voz e opinião. Não participar pode levar à perda de relevância”, refletiu. 

Regina Augusto é formada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduada em marketing pela ESPM, é uma das principais especialistas do Brasil no mercado nacional e internacional de comunicação, marketing e mídia. Após uma carreira de 19 anos no Grupo Meio & Mensagem, principal grupo brasileiro voltado ao trade de comunicação, onde era diretora editorial, abriu em maio de 2015 a Gume Reputação & Engajamento, uma agência de relações públicas com foco estratégico. Escritora e professora do curso de Pós Graduação em Gestão da Comunicação e Marketing Digital da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), em 2012 lançou o livro “No Centro do Poder” (editora Livros de Safra), que conta a trajetória de Petrônio Corrêa, co-fundador da MPM e o maior articulador da publicidade brasileira. 

A jornalista cobriu o Festival Internacional de Criatividade de Cannes durante os últimos 16 anos, bem como outros eventos importantes, como o SXSW. Também viajou e escreveu sobre a criatividade, comunicações e modelos de negócios de agências e empresas de comunicação, mídia e inovação na Europa, China, Japão, Índia e EUA. É vencedora de duas edições do Prêmio Comunique-se (2008 e 2013) na categoria Melhor Jornalista de Comunicação. Durante 15 anos, manteve o boletim diário Minuto Meio & Mensagem na rádio CBN. 

A palestra teve como painelistas Carlos Alberto Barata, diretor regional do SINAPRO Sul; Cláudia Carpes, gerente de comunicação da Associação dos Diários do Interior - ADI; e Vera Rocha, diretora de Planejamento e Desenvolvimento da FENAPRO.

O seminário tem como tema “A Mídia Gerando Novos Negócios”. Junto com o evento, acontece o 2º Encontro Nacional de Anunciantes e Agências, com o tema "A Revolução do Consumo - desafios e oportunidades para agências e anunciantes”.

O Mídia Sul 2015 é uma realização do Sindicato das Agências de Propaganda de Santa Catarina (SINAPRO/SC) e B21 Negócios. 

A equipe da TV AcontecendoAqui realizou uma entrevista especial com Regina Augusto. Confira abaixo.

 

Texto de Cláudio Schuster, Intermídia