Publicidade
Diretor da Globo se descontrola no Festival do Clube de Criação de São Paulo
22 de Setembro de 2014

Diretor da Globo se descontrola no Festival do Clube de Criação de São Paulo

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

“Foda-se a audiência, é preciso ter relevância’, dispara diretor da Globo”

 

sergio valente_ccspSérgio Valente, um dos mais brilhantes publicitários que o Brasil produziu (foi diretor geral da DM9DDB), que há 20 meses é Diretor de Comunicação da Globo, se irritou durante o Festival do Clube de Criação de São Paulo no último sábado, dia 20, do qual participava em São Paulo, quando xingou abertamente os presentes ao soltar em alto e bom tom o “foda-se você com esse pensamento velho. Além da audiência você precisa olhar a relevância das coisas”.

Publicidade

Sua palestra para publicitários ficou estranha quando ele deixou claro que ficou incomodado com as observações sobre a repercussão dos baixos números das novelas e séries. “Precisamos ter várias profundidades que desafiem as pessoas a ‘dar mergulhos’, como fizemos neste ano com O Caçador, Dupla Identidade. Meu Pedacinho de Chão, um produto às 18h, um primor de direção de arte. Um puta de um sucesso. Aí o cara diz: ‘Ah, mas teve uma curva de audiência baixa’. Foda-se você com esse pensamento velho, cara! Você precisa olhar a relevância das coisas, e não só a audiência”, disse Valente ao Notícias da TV.

Miopia nâo
O site Notícias da TV informa que o publicitário explicou o desabafo, desta vez sem palavrão: “Olhar somente a audiência é olhar com miopia. Você precisa ver a relevância do produto. A audiência é uma das formas de você medir o sucesso. Olhar somente a audiência é uma bobagem”, esclareceu. O diretor de Comunicação da Globo também aproveitou para elogiar Império e cutucar Em Família, que teve a pior audiência de uma novela das 21h, ao falar sobre corrigir com rapidez o que está errado, o que não aconteceu na trama de Manoel Carlos.

“Quando você tenta o novo, você erra. E você não pode ter medo de errar. A única coisa que você precisa é ter compromisso de consertar o erro rapidamente. A última novela não foi um primor. Império é um Império. Horário político é uma destruição de audiência. Império pega de 13 para 29, e só consegue porque o produto é bom”, afirmou Sergio Valente.

Publicidade
Publicidade