Criada por brasileiros, campanha para a Copa pede fim da homofobia no futebol

03 de Julho de 2018

Foto: Divulgação

O projeto "Same Team Jersey" visa aproveitar a visibilidade da Copa da Rússia para passar uma mensagem mundial sobre a luta constante sobre tolerância e diversidade no esporte.

Visto que até o país sede da Copa não tolera qualquer tipo de demonstração pública de afeto entre pessoas do mesmo sexo, os brasileiros Paco Conde e Beto Fernandez, da agência Anomaly, desenvolveram a campanha que traz como mensagem “We belong to the same team”. A ação elaborou uma edição limitada de camisetas confeccionadas por tiras dos uniformes de diversas seleções participaram do Torneio: Brasil, Suécia, Japão, França, Austrália, Islândia, Portugal, Tunísia, Alemanha, Espanha, Senegal, Egito e Coreia do Sul. A composição de cores é ilustrada com um brasão, juntamente com a mensagem "Nós pertencemos ao mesmo time", em inglês.

A coleção está sendo distribuída para celebridades e influenciadores do mundo inteiro. Além disso, nesse domingo, a ação contou com um apoio especial do rei Pelé, que republicou um tweet da iniciativa em sua página pessoal, reforçando a mensagem da campanha.

Confira abaixo o post de Pelé:

 

The World Cup brings all kinds of people together. It’s a good moment to remember that whatever you look like and whoever you love, we are all part of the #SameTeam. #WorldCup https://t.co/XYOl9zGSya

— Pelé (@Pele) 1 de julho de 2018

 

Notícias Relacionadas