Publicidade
Comunicado do IBOPE Media ao mercado catarinense é motivado pela concorrência
08 de Setembro de 2015

Comunicado do IBOPE Media ao mercado catarinense é motivado pela concorrência

Publicidade
Twitter Whatsapp Facebook

Nesta terça-feira, 8 de setembro, o IBOPE Media enviou aos seus clientes e órgãos da imprensa catarinense um comunicado onde registra seus 73 anos de serviços prestados no Brasil e sua recente aquisição integral na América Latina pela KantarMedia, empresa –líder mundial na medição de audiência de televisão. A empresa também informa seus investimentos no Estado de Santa Catarina onde mede audiência no Meio TV utilizando tecnologia de ponta e mostra que em Florianópolis o trabalho é realizado por intermédio de um painel de peoplemeters instalados em uma amostra de 240 domicílios representativos da população local. Nosso leitor, ao ler a íntegra do comunicado abaixo, constatará que referida mensagem tem a ver com a chegada em Santa Catarina dos serviços da GFK e IClope. Confira o Comunicado: 

 

Publicidade

Ao mercado de Santa Catarina, 

Caros, 

IBOPE Media atua em pesquisa há 73 anos com o compromisso de atender às necessidades do mercado em relação à mídia e marketing. Desde abril de 2015, a KantarMedia – líder mundial na medição de audiência de televisão – adquiriu 100% do IBOPEMedia na América Latina, trazendo a perspectiva de um maior e contínuo investimento em inovação e desenvolvimento de produtos. 

Somos afiliados a ABEP (Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa), ESOMAR (European Society for Opinion and Marketing Research) e credenciados pelo CENP (Conselho Executivo das Normas-Padrão) desde a fundação da instituição no Brasil. Além disso, o IBOPE Media participa ativamente de diversas entidades do mercado latino-americano. 

O rigor técnico adotado pelo IBOPE Media em todas as suas medições de audiência de TV seguem padrões internacionais e são validados pela Comissão de clientes ABAP/Redes – constituída por agências de propaganda, principais redes de TV aberta e emissoras de TV paga – a partir de auditorias anuais realizadas pela Ernst & Young e que seguem os critérios do MRC (Media Rating Council), entidade americana que regulamenta os estudos dos meios de comunicação nos Estados Unidos. 

Evoluímos com as metodologias ao longo da nossa história, que se confunde com o próprio surgimento da TV no Brasil. 

Há muito tempo monitoramos o consumo de TV em Santa Catarina, através de pesquisas especiais nos mercados de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Itajaí, Joaçaba, Joinville, Lages e Xanxerê. Desde 2005, temos o estudo regular em Florianópolis, que conta com tecnologia de ponta para a medição de audiência de TV, por intermédio de um painel de peoplemeters instalados em uma amostra de 240 domicílios representativos da população local. Através desse painel, medimos o consumo de todos os televisores e moradores das residências, reportando assim a audiência domiciliar e individual. 

Em Janeiro/15, ainda ampliamos a cobertura da pesquisa de TV chegando a 100% de cobertura populacional da Grande Florianópolis. Recentemente passamos a entregar, além da dos resultados da audiência consumida ao vivo, também a audiência do consumo de conteúdos gravados e assistidos posteriormente e seguiremos trazendo novidades: em 2016, mediremos a audiências de conteúdos televisivos consumidos em computadores, smartphones e tablets, completando assim a medição de audiência televisiva 360° em Florianópolis. 

Estejam certos que o IBOPE Media não medirá esforços para apoiar o desenvolvimento do mercado baseado em pesquisa de mídia no Brasil e que estamos sempre abertos para discutir a melhor maneira de entregarmos não só os dados de TV, como também estudos cross media, pesquisas single source, investimento publicitário e checking dos meios de comunicação. 

Atenciosamente, 
Dora Câmara 
Diretora Regional Brasil 

Publicidade
Publicidade