Comunicação corporativa passa por digitalização diante da crise

30 de Setembro de 2020

Para executivo da Teclógica, empresa de tecnologia que desenvolve soluções para o segmento, momento é de ampliação da transparência através de ferramentas que otimizam a disseminação de boas práticas 

por Aloisio Arbegaus*

 

A crise causada pelo novo coronavírus foi muito além da área de saúde. Para as empresas, novos formatos de atuação foram impostos diante das medidas de segurança e distanciamento social. E neste cenário a comunicação e a gestão de pessoas também passaram por grandes mudanças, especialmente as ligadas à digitalização.

É o que aponta Aloisio Arbegaus, diretor comercial e de marketing da Teclógica, empresa desenvolvedora do Mobuss TV, solução para comunicação corporativa. “Em um processo de transformação, a comunicação corporativa exige um novo posicionamento das lideranças. Um dos desafios da gestão neste momento é priorizar a comunicação ágil e transparente. Neste sentido, a tecnologia tem valor crucial. Mais do que isso, é uma aliada para a disseminação de boas práticas de cuidado e segurança”, destaca.

A digitalização, segundo levantamento da consultoria Great Place to Work, é uma das grandes preocupações para mais assertividade e engajamento nas empresas. Segundo o estudo, 34% dos profissionais de RH disseram que criar uma mentalidade digital na liderança foi o maior desafio do último ano. E em 2020, 41% apontam a transformação digital como foco do trabalho.

Ferramentas digitais em destaque

Segundo Aloisio, um bom trabalho de comunicação interna é fundamental e a TV Corporativa é uma ferramenta de peso neste sentido. “Esse tipo de solução permite o desenvolvimento de uma programação multimídia, com vídeos e gráficos, e torna a disseminação de boas práticas mai efetiva. A digitalização é muito mais ágil em relação à entrega, possibilitando a atualização de diversos pontos de TVs no mesmo momento”, avalia.

A percepção do executivo também é comprovada em pesquisas relacionadas ao endomarketing e comunicação corporativa. Segundo levantamento da Central Press, o investimento em comunicação digital está no radar de 76% dos empresários para o segundo semestre do ano. “Não é apenas comunicar para o mercado. É preciso pensar também em como tornar o relacionamento com o colaborador mais assertivo. Afinal, ele é o primeiro público da sua empresa. Não ter transparência neste relacionamento e não inovar na comunicação é reduzir o engajamento, a produtividade e minar oportunidades de melhorias constantes, ainda mais fundamentais neste momento da economia”, conclui o diretor da Teclógica. 

A TV corporativa nas empresas

De acordo com a Teclógica, alguns fatores contribuem para a popularização de canais de tv corporativos:
- Facilidade de desenvolvimento da programação;
- Maior engajamento de profissionais e clientes impactados;
- Reprodução automatizada em diversos pontos da TV;
- Redução de tempo e custos frente a opções analógicas, como murais, comunicados e panfletos.

*Aloisio Arbegaus, diretor de Comercial e de Marketing da Teclógica

Notícias Relacionadas