Publicidade
ATENÇÃO | Golpe da assessoria de imprensa
24 de Maio de 2024

ATENÇÃO | Golpe da assessoria de imprensa

Jornalista expõe rede de estelionato

 

A jornalista, empresária e assessora de imprensa Roberta Nuñez revelou recentemente uma rede de estelionatárias que se passam por assessoras de imprensa, prometendo publicações nos maiores portais de notícias do Brasil.

Roberta, conhecida por seu trabalho na área de comunicação, foi contatada pelo perfil do Instagram Gazeta da TV (@gazetadatv), que alegava ter acesso a portais renomados como Folha de São Paulo, Uol, Estadão, Terra, O Globo, G1, R7, El País, Ig, Veja e Época.

Desconfiada das promessas mirabolantes, Roberta decidiu investigar mais a fundo. Em uma troca de mensagens, uma pessoa que se apresentou como Gabi V. Oliveira, utilizando o número +55 79 991952333, enviou uma tabela de valores que variam entre R$299,99 e R$1.999,99. Para testar a veracidade da oferta, Roberta transferiu R$349,99 para uma conta em nome de Raustney de Souza Gonçalves (CNPJ 54684296000136). Como temia, logo após o pagamento, a suposta golpista bloqueou Roberta em todas as redes sociais.

O caso não terminou aí. Pouco tempo depois, Roberta foi abordada novamente por outro contato oferecendo os mesmos serviços de assessoria. Ciente de que poderia ser uma nova tentativa de golpe, possivelmente pela mesma estelionatária ou por um comparsa, Roberta prosseguiu na conversa para entender a extensão da fraude. Desta vez, o valor foi de R$639,99, alegadamente uma promoção especial para o dia, com a promessa de publicação imediata mediante o pagamento de 50% do valor.

 

A suposta nova assessora garantiu ainda a criação de um contrato ou a possibilidade de envio do valor via Mercado Livre, conforme fosse mais seguro. Roberta, em sua investigação, solicitou os dados completos para formalizar um contrato. A estelionatária se identificou como Raissa Gabriella Barbosa Oliveira. Após uma rápida pesquisa no Google, Roberta descobriu uma menção no site Reclame Aqui sobre um golpe previamente aplicado por Raissa, confirmando suas suspeitas.

Decidida a não deixar o caso impune, Roberta registrou um boletim de ocorrência contra Gabi V. Oliveira e Raissa Gabriella Barbosa Oliveira. Este caso expõe uma rede de golpistas que se aproveitam da boa fé e da necessidade de visibilidade de profissionais e empresas, reforçando a importância de verificar a legitimidade de serviços antes de qualquer transação financeira.

 

Recomendações para evitar golpes de assessoria de imprensa

– Verifique a credibilidade: Pesquise o histórico da empresa ou pessoa que oferece o serviço. Verifique avaliações e possíveis reclamações em sites como Reclame Aqui.

– Desconfie de ofertas vantajosas: Valores muito baixos ou promessas de resultados imediatos podem ser indicativos de golpe.

– Exija contratos formais: Sempre peça um contrato detalhado que especifique os serviços oferecidos e as condições de pagamento.

– Busque referências: Consulte outros profissionais da área sobre a reputação da assessoria.

 

Assessoria que traz notoriedade mundial

O trabalho de assessoria de imprensa assertiva é um processo orgânico que envolve o contato direto e contínuo dos assessores com os jornalistas. Essa interação cria um vínculo de confiança e resulta em matérias que realmente interessem ao público.

Diferente das matérias pagas, que são caracterizadas como publieditoriais, o trabalho orgânico de uma assessoria de imprensa visa a construção de reputação e credibilidade, aumentando significativamente a chance de obter notoriedade mundial. Investir em relações de qualidade e em estratégias que valorizem o conteúdo autêntico é fundamental para se destacar no mercado de forma ética e eficaz.

Roberta Nuñez, ao expor esta rede de golpistas, espera alertar outros profissionais sobre os perigos e armadilhas no mercado de assessoria de imprensa, incentivando a cautela e a busca por serviços de qualidade e confiáveis.

Foto:Unsplash