Associação Brasileira de Imprensa repudia os ataques ao site The Intercept Brasil 

12 de Junho de 2019

A imprensa tem o dever de revelar fatos de interesse público

 

Rio de Janeiro, 11 de junho de 2019

NOTA OFICIAL

A Associação Brasileira de Imprensa repudia os ataques ao site The Intercept Brasil por entender que ele se amparou em postulados assegurados pela Constituição ao divulgar trechos de mensagens telefônicas entre o então Juiz Sérgio Moro e os procuradores da ForçaTarefa Lava Jato. O livre acesso à informação é um dos mandamentos do Estado Democrático de Direito e não pode ser constrangido sob qualquer pretexto.

A ABI não entra no mérito se as conversas vazadas, resultado de ato ilícito, possam ou não ter maculado a robustez das provas recolhidas contra os denunciados e comprometido a imparcialidade do julgamento dos réus.

Não se pode entretanto admitir que a prática de um crime, a violação da troca de mensagens privadas, justifique medidas para impedir que determinadas informações sejam levadas ao conhecimento da sociedade, mesmo que desagradem instituições como o Judiciário.

A imprensa tem o dever de revelar fatos de interesse público mesmo que o poder insista em mantê-los confinados no universo privado.

Domingos Meirelles
Presidente da ABI