ACAERT promove encontro de Onyx Lorenzoni com bancada catarinense

15 de Maio de 2019

Durante café da manhã em Brasília, ministro da Casa Civil afirmou que reforma da previdência será aprovada até julho

O ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, participou nesta quarta-feira (15), em Brasília, de café da manhã com a bancada de Santa Catarina no Congresso Nacional. O evento foi promovido pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT. Para deputados e senadores catarinenses, Onyx afirmou que a reforma da Previdência deve ser aprovada até julho. “É muito importante o Brasil entrar o segundo semestre com essa etapa superada, porque nós temos 13 milhões de brasileiros buscando emprego”. Segundo o ministro, “a tarefa do governo vem sendo, coerentemente, simplificar, desburocratizar. O que falta ao pais é previsibilidade. Para isso, o equilíbrio fiscal, que se obtém com a Reforma da Previdência, garante ao investidor externo e interno que o dinheiro está seguro. Que ele vai trabalhar. E depois de 5, 5 10 anos, o recurso retorna.”

O ministro da Casa Civil também falou sobre a possibilidade da Eletrosul ser incorporada pela empresa gaúcha Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE), com transferência da sede para o Rio Grande do Sul. “Há pontos de vista diferentes quanto à incorporação. Na próxima semana, vou ajustar uma data para que a bancada catarinense converse com o presidente Bolsonaro e o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque. Tenho a certeza que vamos construir um entendimento. A Eletrosul sempre teve uma presença importante em Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Não vejo razão para gente não continuar trabalhando em parceria.”

Participaram do café da manhã os senadores Esperidião Amin e Jorginho Mello (Dário Berger está em licença médica) e os deputados Rogério Mendonça Peninha, Gilson Marques, Darci de Mattos, Coronel Armando, Celso Maldaner, Carmen Zanotto, Ângela Amin, Giovânia de Sá, Carlos Chiodini, Daniel Freitas, Ricardo Guidi e Hélio Costa. O deputado Rodrigo Coelho enviou representante. Também prestigiaram representantes da FIESC, FETRANCESC e Ministério Público de Santa Catarina. 

O presidente da ACAERT, Marcello Corrêa Petrelli, explicou que o foco da entidade também é contribuir para o desenvolvimento social e econômico de Santa Catarina. “E neste momento em que o Brasil passa por uma necessidade de realinhamento, a reforma da previdência é uma questão essencial. Neste sentido, entendemos que a ACAERT, por meio de audiência de suas associadas, assume o papel de levar a informação à sociedade”, disse. “Acreditamos que este momento de unidade por Santa Catarina é fundamental para que nos credencie a outras questões, como a luta pela permanência da Eletrosul no estado e a reformulação do Pacto Federativo”, acrescentou.

Onyx Lorenzoni saiu satisfeito do encontro com a bancada catarinense. “Eu gostei muito da participação. O nosso trabalho é esclarecer os mais diversos pontos que envolvem a nova previdência. O governo trouxe um projeto completo. Combate fraude, o devedor, faz uma prop…
[15:08, 15/5/2019] Marcão: Foto: Bruno Mota..