ABRADi deve ser tornar formalmente entidade associada ao CENP ainda este ano

12 de Novembro de 2019

A entidade é a segunda a tornar-se associada ao CENP neste ano

A Associação Brasileira dos Agentes Digitais, ABRADi, deve se tornar, ainda este ano, uma entidade associada institucional ao CENP

A solicitação recebeu indicações das fundadoras ANER e ABERT e foi aprovada pela Diretoria Executiva. A oficialização da união acontecerá na reunião do Conselho Superior do CENP, no dia 10 de dezembro. As fundadoras ABAP e Fenapro já anteciparam que irão aprovar a indicação.

Em 2019, a ABRADi é a segunda entidade a se tornar associada ao CENP. Há menos de dois meses, foi a vez da Associação Brasileira de Marketing & Negócios, ABMN, que reúne representantes de anunciantes, agências de publicidade e veículos de comunicação.

A ABRADi, representando cerca de 600 empresas desenvolvedoras de serviços digitais, inclusive agências, está presente em onze estados do Brasil e na região Norte, e define-se como “um ambiente democrático e inclusivo para todas as empresas que tenham as soluções digitais como foco prioritário de atuação”. A entidade tem como propósito central “a mobilização das agências digitais em torno de propostas de consolidação do setor e no auxílio às empresas associadas na gestão de seus negócios”. Além disso, entidade estimula todos os associados “a colaborar ativamente na discussão de processos de excelência e a dialogar francamente com o mercado e os outros setores da sociedade”. 

 

O CENP

O CENP é uma entidade de ética com atuação nacional, criada e mantida exclusivamente pelo setor privado para assegurar e difundir boas práticas comerciais entre anunciantes, agências de publicidade e veículos de comunicação. Aplica as Normas-Padrão da Atividade Publicitária, documento orientador de melhores práticas, e atua de forma permanente em cinco áreas:

1)      Certifica a qualidade técnica de agências de publicidade.

2)      Mantém o BUP, depósito para comprovação pública das listas de preços dos veículos de comunicação.

3)      Credencia serviços de informações de mídia oferecidos pelas empresas especializadas e credencia, também, institutos e empresas para atuarem na verificação de circulação dos veículos de comunicação impressos.

4)      Atua como fórum permanente de discussão técnico-comercial da área publicitária.

5)      Mantém o CENP-Meios, sistema de mensuração dos investimentos publicitários no país, a partir de informações colhidas junto a cerca de duzentas das maiores agências de publicidade do país.

 

São entidades fundadoras do CENP a ABA, ABAP, ABERT, ABTA, ANER, ANJ, CENTRAL DE OUTDOOR e FENAPRO. Além da ABMN, são entidades associadas a ABOOH e a Fenapex. Entidades associadas participam das reuniões do Conselho Superior do CENP.

 

Entidades Profissionais Aderentes que também integram o CENP: ABMP, Associação Baiana do Mercado Publicitário, ABP, Associação Brasileira de Propaganda, APP Brasil, Associação dos Profissionais de Propaganda, ARP, Associação Riograndense de Propaganda, Grupo de Atendimento & Negócios, Grupo de Mídia São Paulo, Grupo de Mídia do Rio de Janeiro e Grupo de Planejamento. A Abep, Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, é entidade conveniada ao CENP em apoio ao Comitê Técnico de Mídia-CTM.

Site do CENP.