Coluna Inovação | uma nova geração empreendedora começa a inverter o êxodo rural e levar tecnologia para o campo em SC

01 de Março de 2018

Depois das fintechs, martechs, construtechs e outras, agora é a vez das agrotechs no estado. E não faltam oportunidades no setor que manteve o país em pé durante a crise

Depois de algumas décadas em que o êxodo às cidades foi um dos principais problemas de agricultores e produtores rurais no estado, uma série de startups começa a fazer o caminho inverso e levar às lavouras, granjas e fazendas soluções inovadoras para qualificar a gestão e aumentar a produtividade no campo. Isso se deve a uma série de fatores: expansão da internet em áreas rurais, desenvolvimento de novas tecnologias, crescimento do agronegócio mesmo em um cenário de nocaute econômico e, em especial, o surgimento de uma nova geração empreendedora de olho neste mercado.

E um dos polos dessa nova safra de startups é a industrial Joinville, onde surgiram nos últimos anos projetos como os da JetBov, um sistema de gestão para controlar custos da fazenda e acompanhar a cria, recria e período de engorda de gado; da Agrolytica, solução para a cadeia de produção de soja; e da YAK Tratores, que desenvolveu máquinas elétricas compactas de colheita para agricultura familiar.

Quando foi criada, em 2012, a Vertical Agronegócios da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) conta com seis empresas membro. Só no ano passado, comenta o diretor da Vertical, Clóvis Khor, mais de 20 startups da área entraram em contato com a entidade. Na visão dele, "o setor agrícola saiu fortalecido economicamente durante a crise. As agrotechs ‘bombaram’ porque o setor tinha dinheiro e demanda para melhorar o processo de gestão”.

Tanto é que, no ano passado, foi lançado em Santa Catarina o Núcleo de Inovação Tecnológica para Agricultura Familiar (NITA), iniciativa coordenada pelo governo do estado com recursos do Banco Mundial e participação de diversas entidades ligadas ao setores de agro, TI e empreendedorismo. Algumas startups que cadastraram suas soluções no NITA participaram, nesta semana, do Dia de Campo, evento realizado pela cooperativa de Campos Novos e que reuniu 140 expositores (de médio e grande porte) apresentando inovações para o agronegócio.

"Em qualquer área do campo que você imagina surge uma nova oportunidade tecnológica”, resume Clóvis Khor.
 

Tubarão ganha primeira escola credenciada pelo Google em SC

O Sesi Tubarão, no sul do estado, se tornou nesta quinta-feira (01.03) a primeira instituição de ensino em Santa Catarina credenciada pelo Google - e a quinta no país. Para obter o credenciamento, os professores passaram pelo processo de certificação Google for Education, que permitiu o uso da plataforma de aplicativos do Google em sala de aula. O Sesi, que até então era apenas utilizador dos apps, adquiriu também 35 chromebooks (que rodam o sistema operacional aberto desenvolvido pela empresa) e tem como objetivo levar a metodologia para 100% dos alunos. É também a primeira unidade do Sistema S no Brasil a contar com a certificação da segunda marca mais valiosa do mundo, segundo a Best Global Brands.
 

Meetup: mulheres + tecnologia + construção civil

Na próxima quinta (08), Dia Internacional da Mulher, a aceleradora Construtech Ventures vai promover em Florianópolis um encontro para estimular a participação feminina em duas áreas na quais elas ainda são minoria: construção civil e tecnologia. O Meetup acontece na Softplan, a partir das 18h30, e terá uma mesa redonda com participação da publicitária Júlia Machado (idealizadora do coletivo Anitas e embaixadora do Technovation Challenge) e as engenheiras civis Taís Loks e Paula Lunardelli (que desenvolveu um software para desenvolvimento sustentável na gestão de obras). Antes, tem palestra da psicóloga Carolina Linhares, diretora da NeoLabor e ex-presidente da ADVB/SC. Segundo a pesquisa ACATE Tech Report, as mulheres representam apenas 25,5% dos empreendedores do setor de TI em Santa Catarina.
 

Março marca o pontapé inicial dos 16 Startup Weekends que acontecem em SC

Quem tem interesse em criar novos negócios já deve ter ouvido falar do Startup Weekend, uma das mais famosas maratonas de desenvolvimento de inovação e tecnologia do mundo, que terá nada menos do que 16 edições em Santa Catarina. A primeira acontece no final de março, em Jaraguá do Sul, entre os dias 23 e 25. O calendário encerra em novembro e vai passar por cidades como Joinville, Chapecó, Balneário Camboriú, Tubarão, São José, Lages, Blumenau, Florianópolis, Concórdia, Rio do Sul, Palhoça, Criciúma e Joaçaba. Algumas cidades receberão edições temática, como o Floripa Youth (dedicada a jovens empreendedores) e Chapecó (SW Agro).

Fabricio Umpierres Rodrigues

  • imagem de umpierres@gmail.com
    Fabrício Rodrigues, editor do portal SC Inova, é jornalista com especialização em Gestão Empresarial. Atuou durante 12 anos como coordenador em agências de assessoria de imprensa (Dialetto e PalavraCom), foi repórter em jornais como Gazeta Mercantil SC, A Notícia e Folha de S. Paulo e editor de sites de cultura desde os tempos da Internet discada. www.scinova.com.br / E-mail: scinova@scinova.com.br