Coluna Inovação | Startup Summit: o encontro catarinense que ganhou musculatura e se tornou palco nacional para o mercado de TI

05 de Julho de 2018

Evento que acontece nos dias 12 e 13.07, em Florianópolis, deve receber 2 mil pessoas, além de missões de outros estados para conhecer os principais espaços de inovação na cidade

Foto: Paula Navarro

Os leitores do Acontecendo Aqui souberam em primeira mão, aqui pela coluna, que o ecossistema de inovação e tecnologia de Santa Catarina organizaria um evento próprio em 2018. A notícia, publicada no final de novembro passado, dava conta que o então chamado Startup SC Summit aconteceria nos dias 12 e 13 de julho e esperava reunir 800 pessoas para debater desafios para o crescimento das empresas, compartilhar histórias de sucesso, gerar relacionamento e integração etc.

O projeto iniciou a partir de uma demanda da comunidade empreendedora do estado, que vinha se destacando nacionalmente - várias startups locais cresciam, recebiam recursos de fundos nacionais e internacionais, profissionais de diferentes áreas se destacavam e concorriam a prêmios como o Startup Awards… - e sentiu que era hora de ter um evento próprio. “O StartupSC já estava bem maduro, estadualizado. Em cinco anos, atendemos 170 empresas de 25 cidades. Ter um encontro para reunir essa comunidade era algo que estava represado há muito tempo” argumenta Alexandre Souza, gestor do programa StartupSC, do Sebrae/SC.

Mas a cada mês que passava, o projeto ganhava corpo, novos apoiadores e a expectativa de público subia: os 800 passaram para 1.200, depois 1.500 e agora a organização fala em até 2 mil pessoas esperadas no Centro de Convenções do Governo do Estado, em Canasvieiras. Até que, há algumas semanas, o Sebrae nacional decidiu transformar o que era um encontro local em um evento de caráter nacional para estimular o cenário empreendedor do país, usando a experiência catarinense como um exemplo para outros polos.

Surge então o Startup Summit, com o objetivo de reunir o ecossistema de tecnologia e inovação do Brasil em Santa Catarina, realizado em conjunto por Sebrae, Acate e Governo do Estado. A programação, distribuída em cinco trilhas (plenária principal, ecossistema, tecnologia, operações, cases e corporate), vai reunir mais de 120 palestrantes de grandes empresas, entidades públicas e privadas, startups, aceleradoras, incubadoras e fundos de investimento.

Na feira de negócios, além das 20 empresas patrocinadoras, haverá um espaço voltado a startups, selecionadas pelo Sebrae. E missões técnicas de outros 10 estados (Minas Gerais, Paraná, Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Alagoas, Espírito Santo, Amazonas, Paraíba, Sergipe e Mato Grosso) farão um tour pelas principais espaços de inovação e tecnologia em Florianópolis na véspera do evento.

Como resume Alexandre: “vivemos um momento icônico em Santa Catarina, com crescimento muito grande, mas é só o começo. Acredito que o ecossistema tem muito a avançar, seja no volume de investimentos para startups, iniciativas públicas, no nosso mercado interno que ainda é muito restrito e na própria maturidade de empreendedores. Nosso objetivo é elevar a régua, trazendo conteúdos relevantes, com base naquilo que acompanhamos em eventos internacionais, como o TechCrunch Disrupt e o Saastr. Queremos, daqui a cinco anos, olhar pra trás e ver que construímos algo realmente grande aqui no estado”.

Fabricio Umpierres Rodrigues

  • imagem de umpierres@gmail.com
    Fabrício Rodrigues, editor do portal SC Inova, é jornalista com especialização em Gestão Empresarial. Atuou durante 12 anos como coordenador em agências de assessoria de imprensa (Dialetto e PalavraCom), foi repórter em jornais como Gazeta Mercantil SC, A Notícia e Folha de S. Paulo e editor de sites de cultura desde os tempos da Internet discada. www.scinova.com.br / E-mail: scinova@scinova.com.br