MEMÓRIA | 8 tendências de marketing e SEO para 2019 que você deve conhecer

28 de Abril de 2019

Fazer propaganda não é mais como era há alguns anos.

Esta matéria foi publicada neste portal originariamente em 1 de novembro de 2018

Com a internet e a inteligência artificial, os consumidores estão mais
exigentes e atentos.  Veja como conseguir atrair a atenção deles e ter
sucesso seguindo essas tendências de marketing e SEO para 2019. 

 

O marketing já passou por diversas transformações, atualmente está muito presente na era digital e teve que ser reinventado mais uma vez. Tratando-se de internet é preciso chamar a atenção em meio a tantos conteúdos e utilizar técnicas de SEO para conseguir ranquear os textos.
Saber disso não é o suficiente, pois, com as constantes mudanças nos meios digitais, a cada ano surgem novas tendências. Veja quais são as de 2019 e o que você pode fazer para sair na frente.

8 tendências de marketing e SEO para 2019

1 - Snack Ads

Os vídeos longos não prendem a atenção e as pessoas desistem de assisti-los até o final. Por conta disso, a propaganda precisa ser mais curta e os vídeos duram, em média, 10 segundos.

Durante esse tempo, quem está vendo permanece engajado e tem maiores chances de se interessar pelo produto. Essa técnica já está sendo adotada na internet em canais de streaming. 

2 - Influenciadores digitais
As campanhas de marketing já não produzem o mesmo efeito de venda e engajamento nos clientes. Atualmente, eles buscam criar uma relação com a marca e para isso buscam alguém em que possam confiar.

Os influenciadores digitais não são grandes novidades, porém, passam a ter um papel muito mais importante, sendo um canal de comunicação e não apenas uma imagem.

3 - Marketing focado no cliente
A personalização sempre foi algo que os profissionais de marketing buscavam, mas, muito do que se fazia era baseado em “achismo”, uma vez que não se tinham dados suficientes de cada cliente.

Com a inteligência artificial e as pessoas cada vez mais conectadas é possível colher muitas informações e traçar um perfil exato de quem é o consumidor e o que ele deseja.

As empresas, além de poderem ofertar um produto personalizado, podem criar itens para suprir uma necessidade que o mercado deixou.

4 - Uso da voz
Muitos dos dispositivos já possuem o poder de receber comandos por voz e as informações são armazenadas para identificar o perfil do cliente.

A novidade agora é permitir que as compras sejam realizadas apenas por comandos de voz e que anúncios auditivos sejam feitos com base em compras ou pesquisas anteriores que utilizaram esse mesmo recurso.

Apesar de ainda ser uma novidade e causar um pouco de receio, as pessoas estão começando a se adaptar a essa tecnologia e a adesão vem sendo gradativa. Nos EUA, já houve aceitação dessa tendência.

5 - Mais anúncios na internet
Pesquisas já demonstram que as pessoas estão passando mais tempo na internet do que assistindo à televisão e isso deve fazer com que os anunciantes migrem de canal ou invistam em mais de um.

O que deve acontecer é que o investimento em propaganda deve ter uma boa parcela destinada ao mundo virtual.

6 - Mais lives
As transmissões ao vivo já conquistaram as pessoas e são uma ótima forma de propaganda, tanto que muitos optam, por exemplo, por ver um show em uma live antes de comprar um ingresso para assistir pessoalmente.

Além disso, as pessoas pagariam para ver uma transmissão ao vivo em situações que não pudessem estar presentes.

Essa é uma ótima oportunidade para atender as necessidades dos consumidores e aproveitar o momento para propaganda.

7 - Chatbots
Cada vez mais os chatbots estarão presentes na vida das pessoas, sendo uma ferramenta para sanar dúvidas e resolver problemas.

Em diferentes pesquisas realizadas, a aprovação desse recurso supera a reprovação, pois as pessoas conseguiram o que queriam, mesmo não tendo falado com uma pessoa.

Além de uma central de atendimento, os chatbots também podem ser usados no marketing, auxiliando a pessoa a encontrar o produto que deseja e a incentivando a compra.

8 - Conteúdos
Sites que possuem conteúdo acabam atraindo cerca de 160% mais do que aqueles que não utilizam técnicas de SEO.

Entretanto, é preciso que ele seja relevante e esteja adaptado aos novos métodos utilizados pelos mecanismos de buscas.

Antigamente, apenas trabalhar palavras-chave fazia com que a página pudesse ser bem colocada nos mecanismos de buscas, e atualmente apenas isso não basta. É preciso trabalhar com pilares de conteúdo para que o assunto seja completo e retorne com informações relevantes.

As tendências de marketing e SEO de 2019 já estão sendo utilizadas e quem as colocar em prática desde já terá mais chances de sair na frente e conseguir chamar a atenção dos clientes no ano que vem. E você, já usa uma delas em seu negócio e viu bons resultados? Compartilhe conosco!

Guilherme da Luz