Coluna Cinema | TOP 5 Comédias Românticas II

24 de Setembro de 2021

Cartas para Julieta entre os destaques

Para você ter um fim de semana leve e descontraído trago a parte II das comédias românticas! Comédia romântica é um subgênero cinematográfico dos gêneros comédia e romance
O formato básico de uma comédia romântica é muito anterior ao cinema. Muitas das peças de teatro de William Shakespeare, como Muito Barulho por Nada e Sonho de Uma Noite de Verão se situam dentro do gênero da comédia romântica.

Procura um filme para te deixar bem-humorado, leve e cheio de sonhos, confira a lista abaixo:

Cartas para Julieta: Sophie (Amanda Seyfried) é uma aspirante a escritora que viaja para a Itália ao lado do noivo Victor (Gael García Bernal), que sonha em ter seu próprio restaurante. Em Verona, onde se passou a história de Romeu e Julieta, local perfeito para uma lua de mel antecipada, Sophie acaba percebendo que seu noivo está mais interessado nos fornecedores para seu restaurante do que nela. Na cidade descobre uma antiga carta de amor e junta-se a um grupo de voluntárias que responde a estas missivas amorosas. Para sua surpresa, a remetente Claire Smith (Vanessa Redgrave) ouve o conselho dado na resposta e vai procurar Lorenzo, por quem se apaixonou na juventude. Mas existem muitos italianos com o mesmo nome e Sophie demonstra interesse em ajudá-la na tarefa, desagradando o neto Charlie (Christopher Egan), que já tinha reprovado essa louca aventura da avó viúva. Ano 2010.

O Pai da Noiva: George Banks (Steve Martin) é um pai de família casado com Nina (Diane Keaton). Ele sofre uma crise de ciúmes quando descobre que sua filha Annie (Kimberly Williams) e o namorado vão se casar. Durante a festa de noivado e os preparativos para o grande dia, o homem vai criar mil e uma confusões para não perder de uma única vez a sua filha. Ano 1992.

 

Ele Não Está Tão A Fim de Você: Gigi (Ginnifer Goodwin) é uma romântica incurável, que um dia resolve sair com Conor (Kevin Connolly). Ela espera que ele ligue no dia seguinte, o que não acontece. Gigi resolve ir até o bar onde se conheceram, na esperança de reencontrá-lo. Lá ela conhece Alex (Justin Long), amigo de Conor. Ele tem uma visão bastante realista sobre os relacionamentos amorosos e tenta apresentá-la a Gigi, através de seu ponto de vista masculino. Por sua vez, Conor é apaixonado por Anna (Scalett Johansson), uma cantora que o trata apenas como amigo e que se interessa por Ben (Bradley Cooper), casado com Janine (Jennifer Connelly). O casamento deles está em crise, o que não impede que Janine dê conselhos amorosos a Gigi, com quem trabalha. Outra colega de serviço é Beth (Jennifer Aniston), que namora Neil (Ben Affleck) há 7 anos e sonha em um dia se casar, apesar dele ser contrário à ideia. Ano 2009.

 

Questão de Tempo: Ao completar 21 anos, Tim (Domhnall Gleeson) é surpreendido com a notícia dada por seu pai (Bill Nighy) de que pertence a uma linhagem de viajantes no tempo. Ou seja, todos os homens da família conseguem viajar para o passado, bastando apenas ir para um local escuro e pensar na época e no local para onde deseja ir. Cético a princípio, Tim logo se empolga com o dom ao ver que seu pai não está mentindo. Sua primeira decisão é usar esta capacidade para conseguir uma namorada, mas logo ele percebe que viajar no tempo e alterar o que já aconteceu pode provocar consequências inesperadas. Ano 2013.

 

Um Lugar Chamado Notting Hill: Will (Hugh Grant), pacato dono de livraria especializada em guias de viagem, recebe a inesperada visita de uma cliente muito especial: a estrela de cinema americana Anna Scott (Julia Roberts). Dois ou três encontros fortuitos mais tarde, Will e Anna iniciam um relacionamento tenro, engraçado e cheio de idas e vindas. Ano 1999. 

 

Notting Hill é um dos meus preferidos, agora me conta qual sua comédia romântica favorita? 

Você pode me acompanhar também no PODCAST CINE GIRLS do Spotify, só clicar neste link. 

Envie um e-mail para cinema@acontecendoaqui.com.br ou comente nas minhas redes sociais @jessielodi sua sugestão de pauta. 

Até a próxima semana.

DROPS

Músico e diretor de cinema François Muleka estreia no cinema com a direção do documentário curta-metragem "Entrando no País das Maravilhas", que foi selecionado para a Mostra Curtas Catarinenses do 25º Festival Internacional de Cinema Florianópolis Audiovisual Mercosul - FAM 2021 Reflexão. O evento será de 23 a 29 de setembro, on-line, gratuito e com geoblocking para a América do Sul. O filme de François será exibido no domingo (26), a partir das 18h15. Entre as obras estão filmes inéditos no Brasil e no mundo. Veja a lista completa.

 

Coluna Cinema

  • imagem de cinema
    COLUNA CINEMA é produzida e publicada semanalmente.pela publicitária Jessie Lodi. Jessie Lodi é formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela FAG, especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing e Gestão de Negócios. Possui experiência com produção de vídeos, produção de eventos, gestão de contas em agências de comunicação e marketing de associações. Atua no mercado paranaense e catarinense desde 2002 e é apaixonada por cinema. Curta o instagram @jessielodi Para comunicação com a coluna usar cinema@acontecendoaqui.com.br

Notícias Relacionadas