Coluna Cinema | Grandes Duplas Infalíveis do Cinema: Steven Soderbergh e George Clooney

27 de Novembro de 2020

Os dois trabalharam juntos no famoso Onze Homens e Um Segredo

Foto divulgação: Exibição especial Segredo De Berlim em Nova York

O cineasta americano Steven Soderbergh nasceu em Atlanta em 1963. Quando adolescente ele conheceu o cinema, dirigindo curtas-metragens com um Super 8, equipamento emprestado de estudantes da LSU. Trabalhou como editor de filmes free-lancer e ficou famoso por executar várias funções dentro de um mesmo filme, como direção de fotografia, edição, direção e roteiro. Como a WGA proíbe que o cineasta exerça múltiplas funções dentro de um filme, ele assinava sob diferentes pseudônimos.

Em 2001 tornou-se o terceiro diretor a ser indicado ao Oscar de melhor diretor por dois filmes, Traffic e Erin Brockovich

Começou a dirigir quando filmou um espetáculo do grupo de rock Yes, e recebeu uma indicação ao Grammy pelo trabalho. O vídeo do show foi o 9012 Live, em 1986.

Foi também o vencedor mais novo da Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 1989, por seu trabalho no filme de estreia de carreira, Sexo, Mentiras e Videotape.

Em 2006 lançou um plano ousado de distribuição de filmes, que tem seis experiências. O primeiro foi Bubble, um filme que, além do cinema, também foi lançado , simultaneamente em DVD e na televisão paga. O diretor tem mais de 30 anos de carreira e já lançou mais de 66 filmes e séries. 

Sua dupla infalível de hoje é o queridinho galã George Clooney. Também diretor de cinema Clooney é filho do apresentador de TV Nick Clooney, George tem intimidade com os estúdios de gravação desde criança. Com mais de 35 anos de carreira ele já participou de 73 filmes e séries e chegou ao auge do sucesso com o seriado ER interpretando o Dr. Doug Ross, o qual abandonou em 1999 para começar uma carreira no cinema. Já com a carreira consolidada em filmes comerciais, decidiu investir em projetos ousados e com temáticas sociais como o filme Syriana. Já faturou dois Oscars, cinco Globos de Ouro e um Emmy

Confira os filmes da dupla:

Onze Homens e um Segredo: Danny Ocean (George Clooney) é um homem de ação. Apenas 24 horas após deixar a penitenciária de Nova Jersey ele já está pondo em prática seu novo plano: assaltar três cassinos de Las Vegas em apenas uma noite, em meio à realização de uma luta que vale o título mundial dos pesos-pesados. Ocean reúne uma equipe de 11 especialistas a fim de ajudá-lo em seu plano, seguindo sempre três regras básicas: não ferir ninguém, não roubar alguém que realmente não mereça e seguir o plano como se não tivesse nada a perder. Ano 2001.

O Segredo de Berlim: Jake Geismar (George Clooney) é um correspondente de guerra americano, que retorna a Berlim após as negociações decorrentes do término da 2ª Guerra Mundial na Europa. Seu objetivo oficial é cobrir a Conferência de Potsdam, que reuniu os presidentes dos Estados Unidos, União Soviética e Inglaterra para definir o mapa europeu, mas ele deseja também reencontrar Lena Brandt (Cate Blanchett), uma antiga paixão. Após alguns dias Jake descobre que Lena agora é namorada de Tully (Tobey Maguire), um soldado designado para ser seu motorista. Ao encontrá-la Jake descobre que Lena quer deixar o passado para trás e reconstruir sua vida. Ano 2006.

Solaris: Wilson (Terence Stamp) um ex-trapaceiro inglês que resolve viajar até Los Angeles para vingar a morte de sua filha. Assim que chega cidade, Wilson enfrenta Valentine (Peter Fonda) e um bando de criminosos, em busca de pistas sobre o que teria acontecido com sua filha. Após quase ser morto, ser atirado de um edifício e perseguido numa estrada perigosa de uma montanha, Wilson decide contra-atacar e causar alguns danos em seus perseguidores. Ano 2002.

Irresistível Paixão: Jack Foley  (George Clooney)  é o ladrão de banco mais bem-sucedido no país. No dia em que foge da prisão, ele rouba algo muito mais precioso do que dinheiro, o coração de Karen Sisco (Jennifer Lopez). Ela é inteligente, sensual e, infelizmente, uma agente federal. Agora eles estão dispostos a arriscar tudo para descobrir se existe algo mais entre eles do que apenas a lei. Ano 1998.

O Estranho: Wilson (Terence Stamp) um ex-trapaceiro inglês que resolve viajar até Los Angeles para vingar a morte de sua filha. Assim que chega cidade, Wilson enfrenta Valentine (Peter Fonda) e um bando de criminosos, em busca de pistas sobre o que teria acontecido com sua filha. Após quase ser morto, ser atirado de um edifício e perseguido numa estrada perigosa de uma montanha, Wilson decide contra-atacar e causar alguns danos em seus perseguidores. Ano 1998.

A dupla também trabalhou junto nas continuações Doze Homens e um Segredo e Treze Homens e um Novo Segredo. Vale a pena assistir.

E você? Qual o filme dessa dupla infalível é seu favorito? Envie um e-mail para cinema@acontecendoaqui.com.br ou comente nas minhas redes sociais @jessielodi.

Sua sugestão de pauta é sempre bem vinda.

Até a próxima semana.

Coluna Cinema

  • imagem de cinema
    COLUNA CINEMA é produzida e publicada semanalmente.pela publicitária Jessie Lodi. Jessie Lodi é formada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela FAG, especialista em Assessoria de Comunicação e Marketing e Gestão de Negócios. Possui experiência com produção de vídeos, produção de eventos, gestão de contas em agências de comunicação e marketing de associações. Atua no mercado paranaense e catarinense desde 2002 e é apaixonada por cinema. Curta o instagram @jessielodi Para comunicação com a coluna usar cinema@acontecendoaqui.com.br

Notícias Relacionadas