Coluna Ana Lavratti: na matemática da vida, pra deixar a conta certa tudo o que me resta...

09 de Dezembro de 2019

Se voltasse a ser a criança, me daria mais a mão. Ensinaria de antemão que SER é mais que venCER

Jantar de fim de ano da CDL Florianópolis, no Lira Tênis Clube

 

Na matemática da vida,

lá se vão 50 anos.

Com mais dores que eu queria,

mais amor do que previa.

E assim a conta fecha,

Tensa-intensa-sempre certa.

 

Mas se eu pudesse mudar,

ah, teria menos pressa.

Acreditando que estou certa,

que o destino não assusta.

Subtraindo as sensações de que é preciso ser astuta,

de que o futuro que antevia do alto da roda gigante

é todo dia ultrapassado feito uma esteira rolante.

 

E se eu pudesse adicionar,

escolher o que me dar, aumentaria a liberdade.

Mais espaço pras verdades

sem temer se vão julgar.

Dobrava o tempo destinado a ser feliz e FELIZAR,

aquele fazer sem nada esperar.

 

E se eu pudesse ser

#DEVOLTA-DENOVO-UMDIASEQUER

a criança que já fui,

me daria mais a mão,

ensinaria de antemão

que SER é mais que venCER.

Multiplicava a esperança até poder crescer

com menos papel, mais confiança,

menos contratos, mais alianças.

 

Mas tô chegando aos 50.

E se refazer a conta

não está ao meu alcance,

então não quero revanche.

Apenas dividir tudo o que recebi:

Beijos, abraços.

Amor e amassos.

Sorrisos, surpresas

e poucas certezas.

Como essa: que tudo passa!

O pior dia.

A alegria.

Passa a dor, passa o temor.

Passa a vitória, passa a glória.

E tudo o que me resta

é viver bem o agora.

 

Em contagem regressiva pro meu dia, 12.12, tem 12 dias pra guardar na memória, vivendo o agora.

Dia 26 de novembro: palestra para 250 voluntárias da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Dia 2 de dezembro: jantar de fim de ano com meus clientes, Oficiais Militares da ACORS.

Dia 3 de dezembro: lançamento do meu quinto livro no Palácio Cruz e Sousa.

Dia 5 de dezembro: encontro mensal do Nosso Clube do Livro, debatendo Nietzsche.

Dia 6 de dezembro: de beca, na Sessão Solene da Academia de Letras e Artes.

Dia 7 de dezembro: nos embalos de sábado à noite, no Final de Ano da CDL Florianópolis.

De 5 a 8 de dezembro: acompanhando a filha nos ensaios e apresentações de dança.

 

Siga @analavratti também no Instagram

 

Clique nas fotos para acionar o slideshow e ampliar as imagens da Galeria.

 

 

Rute Gebler, Alberto Heller e Ana Lavratti
ACLA: Com Rute Gebler e Alberto Heller

Ana Lavratti

  • imagem de lavratti
    Ana Lavratti é Jornalista e Mestra pela UFSC com pesquisa sobre a Notícia em Meio Digital Online. Multiplataforma, acumula experiência em mídia impressa, eletrônica e assessoria de comunicação. Também é escritora, autora de cinco livros e 3 e-books, e atua como colunista social desde 2014. www.analavratti.com.br / social@analavratti.com.br Curta o Instagram @analavratti