Cannes Lions - Brasil tem 10 finalistas entre as 158 produções no shortlist de FILM CRAFT

21 de Junho de 2013

Na Categoria onde João Daniel Tikhomiroff, sócio da Mixer (leia nossaentrevista com ele 1), foi um dos jurados

Na Categoria onde João Daniel Tikhomiroff, sócio da Mixer (leia nossa entrevista com ele), foi um dos jurados o destaque entre as agências brasileiras foi a F/Nazca com o filme Alma, produzido pela Sentimental Filmes que obteve quatro indicações. Mas o grande destaque mesmo foi o resultado obtido pelos EUA com 88 trabalhos classificados. França ganhou 17 e a Austrália, 13.

F/Nazca e Ogilvy
- As indicações para a F/Nazca foram a Direção de Arte, Design de Produto, Direção, Cinematografia e Edição. Veja como a agência está curtindo seus leões em Cannes.

- A Ogilvy, cada vez com mais chances de ser a Agência do Ano, emplacou o seu Retratos da real beleza em Direção e Casting.

Outras brasileiras no shortlist
- Crazy for good, da Ogilvy para a Coca-Cola (produção da Smuggler Hollywood), em Direção;
- Boxeador, da DM9DDB para a Sadia (Central Films Mexico City), em Cinematografia;
- 85 segundos, da AlmapBBDO para a Getty Images (Zola), em Edição;
- Elvis está morto, da Loducca para a MTV Brasil (direção da Prodigo Films e trilha da Big Foote), em Melhor Uso de Música.

Resumo
Direção de Arte
Design de Produto
Direção
Cinematografia
Edição
Melhor Uso de Música

Esta cobertura está sendo produzida por Guilherme da Luz que tem em seu currículo passagens por agências de Santa Catarina e Londres. Participou da organização oficial dos festivais D&AD de Londres e Cannes Lions, e prestou consultoria na inscrição de cases para a JWT, F&Nazca, iThink, Landor (Cincinnati), Y&R (Malaysia), TBWA (Berlin), Banco de Eventos e outras. Escreveu para o Estadão o Guia Oficial de Categorias Cannes Lions.