Workshop ensina como usar a Inteligência Artificial para se aproximar dos clientes

13 de Julho de 2017

A líder de ecossistemas da IBM, Renata Zanuto, é uma das responsáveis pelo Programa Global de Empreendedorismo da empresa (GEP, da sigla em inglês). Ela explica que além de a marca da startup ficar mais próxima à da multinacional, os próprios vendedores tomam conhecimento do projeto e ajudam a divulgá-lo. “A IBM menciona as startups com quem tem parceria para os clientes que podem precisar de uma solução oferecida por elas, além de colocar a marca em destaque ao lado da nossa”, diz.

Para participar, as empresas interessadas podem se inscrever gratuitamente neste link. Elas têm que ter menos de cinco anos de CNPJ, receita anual menor que US$ 1 milhão, base tecnológica e não ser usuárias anteriores do programa. A ideia é oferecer a quem está começando o apoio necessário para alavancar o projeto, permitindo o acesso à Bluemix — plataforma cloud da IBM com mais de 170 serviços oferecidos. Entre as soluções estão infraestrutura para Internet das Coisas (IoT), Blockchain, Analytics e outros serviços, além de mentorias presenciais e virtuais e visibilidade da marca.

O CEO da Teltec Solutions, Diego Brites Ramos, acrescenta que  essa proximidade é fundamental para o sucesso do negócio. “Como integradores, conhecemos as necessidades de quem empreende, e sabemos da relevância que uma marca como a IBM pode agregar aos projetos. Por isso criamos o Nexus Lab: para ajudar a empoderar as startups, para que possam se tornar parceiras da Teltec em nossa missão de entregar o melhor da tecnologia para transformar o negócio dos nossos clientes diante do desafio da digitalização da economia”, explica.

O laboratório funciona dentro do Link Lab, na sede da ACATE em Florianópolis,  Para usar a infraestrutura e atuar ao lado de grandes companhias, as startups serão selecionadas por meio de um edital, cujas informações estão disponíveis neste site.