Região Sul é a que mais utiliza Inteligência Artificial no Brasil

20 de Janeiro de 2020

Pesquisa revela que 84% da população usa os recursos de IA no dia a dia

Pelo terceiro ano consecutivo, a Lambda3 – empresa referência em tecnologia e negócios digitais – realizou um estudo sobre a percepção do brasileiro em relação ao uso de Inteligência Artificial (IA). Segmentada por regiões, faixa etária e sexo, a pesquisa revela como a população vem se relacionando com os avanços tecnológicos, bem como se as pessoas já adotaram esses recursos no dia a dia.

De acordo com o levantamento, a região Sul é a que mais utiliza Inteligência Artificial no Brasil, seguida do Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte. 84% das pessoas que residem no Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul declararam que já utilizaram Inteligência Artificial pelo menos uma vez. Os millennials, também conhecidos como geração Y (nascidos de 1980 até 1995), lideram o ranking dos que mais aproveitam desta tecnologia, seguidos da geração Z (nascidos entre o começo dos anos 90 e o fim da primeira década do século XXI). Além disso, os homens disseram recorrer mais às aplicações que dispõem de IA.

Vale ressaltar que uma das maiores concentrações de parques tecnológicos em operação ou implantação em todo o país estão no Sul, como a Tecnopuc, que abriga cerca de 120 empresas, sendo em sua maioria pequenas e médias, que buscam aplicar seus conhecimentos no ambiente mercadológico, que muda constantemente.

De acordo com o levantamento, apenas 50% do público feminino sulista afirmou já ter utilizado recursos de Inteligência Artificial ao menos uma vez.

Além da própria área de tecnologia, o estudo apontou que os setores de telecomunicações, agrícola e de informação e comunicação, nesta respectiva ordem, são os que têm maior potencial de crescimento. As cinco empresas mais lembradas do segmento foram Google, IBM, Microsoft, Amazon e Boston Dynamics.