Empresa catarinense Litma Tecnologia desenvolve sistema que auxilia no controle de qualidade de veículos

11 de Agosto de 2017

De acordo com o estudo da consultoria J.D. Power realizado em 2016, a maior parte dos defeitos dos carros novos está em áreas visuais em que o consumidor nota o erro com facilidade. Atualmente, a forma mais comum de reduzir esses riscos é inspecionar a qualidade do trabalho executado pelos funcionários da indústria. Ocorre que a vistoria feita por seres humanos está sujeita a imprecisões por se tratar de um processo repetitivo e fatigante. Pensando nisso, a empresa Litma Tecnologia, localizada em Florianópolis, desenvolve robôs equipados com câmeras e sensores que são localizados em pontos-chave da fabricação onde identificam problemas de qualidade.

O sistema faz a checagem de inúmeras variáveis em diversos itens como portas, cockpits, consoles e para-choques. “Os robôs que 'enxergam' através da visão computacional tem potencial para diminuir significativamente os custos com inspeção e também as chances de erros que tragam prejuízos aos próximos passos da cadeia produtiva”, ressaltou Claudio Kerber, diretor geral da Litma. A empresa também desenvolveu e implanta junto aos robôs o LAudit, um sistema de auditoria que registra imagens de todas as verificações realizadas, permitindo a análise posterior, aumentando a confiabilidade entre fabricante e cliente.

Localizada no sul da Ilha de Santa Catarina, a Litma iniciou as operações em 2015 e já implantou o sistema em fábricas de Minas Gerais, Pernambuco e Paraná. A empresa é incubada virtual do MIDI Tecnológico, incubadora fundada e mantida pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate) e pelo Sebrae/SC. No final de 2015 foi selecionada entre as 10 empresas catarinenses figurantes na lista das 100 startups brasileiras mais atraentes para grandes corporações.