Coluna Fernanda Bornhausen Sá | "Análise preditiva: o poder de prever quem vai clicar, comprar, mentir ou morrer"

09 de Março de 2017

Em nossa jornada de 7 anos na área de inovação, desde que fundamos a Clear Inovação,    estamos convencidos de que a empresa que deseja inovar e, principalmente, sobreviver nos próximos 5 a 10 anos, precisa iniciar a sua jornada no mundo fascinante de dados para negócios, do Data Driven Business, com foco em Predictive Analytics ( Análise Preditiva).  .
 
Segundo a PWC, em 2014 apenas 0,5% dos dados eram analisados atualmente. Além disso, 90% dos dados que existiam em 2014 foram criados entre 2012 e 2014 . 

Convido você empresário, executivo e profissional de marketing e/ou vendas , para refletir sobre o que significa a  constatação de que 90% dos dados existentes no mundo foram criados em 2 anos e os outros 10% foram criados em 2011 anos ? 
 
De acordo com a Forbes Magazine, algumas megatendências são relevantes para os Data Driven Business, são elas:

         . Até 2020, a análise preditiva e prescritiva atrairá 40% do novo investimento líquido das empresas em business intelligence e analytics.

        · A receita mundial da Big Data e software de análise de negócios crescerá de quase US $ 122 bilhões em 2015 para mais de US $ 187 bilhões em 2019, um aumento de mais de 50% no período de previsão de cinco anos.

Portanto tornar as empresas mais centradas no cliente, melhorar o desempenho operacional e concentrar-se em iniciativas que busquem conquistar novos mercados e criar modelos de negócios disruptivos, são os três fatores dominantes que impulsionam a Análise de Dados, o Big Data e os investimentos em Business Intelligence atualmente.

Identificar os insights escondidos em dados não estruturados está proporcionando às empresas o potencial para competir e melhorar em áreas que tinham visibilidade limitada antes. Marketing e Vendas preditivos tem destaque nesse cenário e isso está revolucionando os mercados em países onde essas ferramentas Data Driven Business estão disseminadas 

FONTE: http://blogs-images.forbes.com/louiscolumbus/files/2016/08/big-data-landscape.jpg?width=960

Ao se falar de Data Driven Business, é impossível não citar o conceito de Empresas Plataforma. As Empresas Plataformas são conhecidas como aquelas que começaram do zero e,  em poucos anos, valem milhões, como Uber, AirbnB, Youtube, Facebook e outras. O mais relevante que tem se falado, é a forma como essas organizações são disruptivas em seus modelos de negócio.

 

Estas não possuem ou controlam a sua oferta da forma como uma empresa linear faz, pois uma empresa plataforma tem pelo menos dois grupos de clientes distintos: seus consumidores e produtores. Uma vez estabelecida uma forte rede em torno de seu core business, a empresa plataforma utiliza a rede de forma inteligente para criar novos grupos de clientes e novos mercados. O sucesso dessas empresas vem de uma cultura forte de Data Driven.

 

Ou seja, o ponto que devemos evidenciar é que se a sua empresa não investir em se tornar uma empresa Data Driven, é bem provável que seus esforços não a levem a escalar e que startups ganhem gradativamente o seu mercado .

 

Teoricamente, empresas estabelecidas possuem mais condições de sucesso nesse tipo de inovação, mas o que vivenciamos na prática é que elas esbarram na dificuldade de mudanças de modelo mental de seus sócios e executivos.  Os anticorpos para a inovação disruptiva se fazem presentes ciclicamente, impedindo os avanços das iniciativas em grande parte dos casos.

 

Como nosso propósito na Clear é mexer no modelo mental de sócios e executivos de empresas estabelecidas e fornecer soluções sob medida para as suas necessidades de inovação, eu tenho estudado, e praticado muito, o mundo do Data Driven Business.

      

Na jornada para apoiar nossos clientes clientes a se tornarem  Data Driven, a Clear Inovação apoiou a Neoway, sua parceira estratégica de soluções e a maior empresa de Big Data do Brasil, na idealização do evento  Data Driven Brasil 2017. O evento, exclusivo para convidados da Neoway,  irá acontecer no Costão do Santinho, Florianópolis, nos dias 9, 10 e 11 de março e contará com nomes que são  referências mundiais como Dr. Eric Siegel, autor, consultor e empreendedor na àrea de Análises Preditivas ( Predictive Analytics) e  de grandes líderes empresariais como Paula Belizia ( presidente da Microsoft Brasil) e  Walter Longo (presidente do Grupo Abril) para 300 dirigentes das maiores empresas do Brasil.

Um dos grandes destaques do evento será Eric Siegel comm seu Keynote “Predictive Analytics: Power to predict who will Like, Buy, Lie or Die”.  Eric Siegel, Ph.D.,é o  fundador da série Predictive Analytics World Conference e editor executivo do The Predictive Analytics Times, torna o como e o porquê de analise preditiva ser compreensível e cativante. Ele é o autor do premiado "Análise preditiva: o poder de prever quem vai clicar, comprar, mentir ou morrer", que está sendo traduzido para mais de 10 idiomas.

 

No DDB17 serão abordados assuntos como análise preditiva, data driven nos negócios e agronegócio, mídia e desempenho, evolução da mídia e o que está por vir, empresas que mudaram seus negócios no Brasil e no Mundo com o uso do Big Data, plataformas que estão mudando o mundo dos negócios, 4ª Revolução Industrial, informações públicas e o seu impacto nos negócios, entre outros.

 

Para mais informações sobre o evento visite o site : http://www.datadrivenbrasil.com.br/

Minha ideia é utlizar esse preciosos espaço do Acontecendo Aqui  para conversar  com vocês sobre esse mundo fascinante durante o ano de 2017.

Que tal? Todo feedback é super bem vindo! Meu email é fernanda@clearinovacao.com.br

Obrigada pela leitura e até a próxima.

 

 

Fernanda Bornhausen Sá

  • imagem de fersa
    Fernanda Bornhausen Sá é psicóloga com especializações em administração e orientação profissional. Possui mais de 20 anos de experiência na área de comunicação e publicidade, como sócia e dirigente de agências onde atendeu grandes marcas como a Caixa Seguros e a Malwee. É Presidente voluntária do IVA onde idealizou e lançou o www.voluntariosonline.org.br É sócia e diretora da Clear Educação e Inovação e Fellow do Synergos Institute.