House-Agency da Prefeitura de Brusque derrapa no IPTU

17 de Janeiro de 2020

Ação mereceu do Procurador do Município essa exclamação: "quem foi o retardado que fez um negócio desse?"

 

Washington Olivetto há 3 anos, ao receber um prêmio do LIDE no Fórum de Marketing Empresarial, na cidade de Guarujá-SP, alertava: "Qualquer pessoa com um celular vai virar comunicador. O problema é que farão uma comunicação horrível". Essa previsão vem se concretizando nos mais variados mercados e setores com produções de qualidade duvidosa e resultados, consequentemente, longe dos desejados e necessários pelos anunciantes.

O caso de Brusque
Uma ação desenvolvida internamente pela equipe da Secretaria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Brusque, terra da Havan, gerou uma grande indignação não somente do Procurador Geral do Município, mas de muita gente que se dedica à produção de comunicação de qualidade. Entenda o que ocorreu com o relato a seguir, publicado pelo jornal O Município de Brusque:

Na noite desta quarta-feira, 15, o prefeito Jonas Paegle encaminhou dois áudios no grupo de WhatsApp da Secretaria de Comunicação Social (Secom), voltado a envio de informações à imprensa, em que o procurador-geral Edson Ristow demonstra irritação com o uso da imagem do ator americano Terry Crews em publicidade. Os áudios foram apagados por Paegle poucos minutos depois.

Em uma das artes da campanha, a foto de Crews na série Todo Mundo Odeia o Chris é utilizada com a frase “Julius aprova”. Na trama, ele interpreta Julius, um homem preocupado em economizar dinheiro constantemente. A atração ganhou popularidade no Brasil ao ser exibida pela Record TV.

“Meus companheiros de secretariado, verifiquei essa identificação de pagamento de IPTU no site oficial da prefeitura com a foto deste cidadão, ator americano que é conhecido no mundo inteiro. Então eu pergunto: ‘quem foi o retardado que fez um negócio desse?’, porque nós não temos nenhum instrumento legal que nos permita utilizar imagem alheia em publicidade do nosso município. Gostaria que o responsável se apresentasse porque isso aqui vai dar muito pano pra manga. E nós estamos sujeitos, inclusive, a responder pela Justiça, em termos de indenização por dano moral, se houver persecução por parte do cidadão que teve sua imagem usada inadequadamente”, diz o primeiro áudio na íntegra. No segundo, o procurador apenas confirma o nome do ator.
Na sequência, em texto, Ristow pede ao prefeito que determine a retirada da publicidade do ar imediatamente.

O diretor-geral da Secom, Wilson Schmidt Junior, confirmou que a arte foi criada pela secretaria. “Estamos definindo junto ao governo a melhor estratégia de divulgação para o IPTU 2020, dentro dos meios comunicativos já premiados e amplamente reconhecidos, adotados pela equipe Secom Brusque.