Criada pela Propeg, campanha alerta sobre os perigos da automedicação

17 de Maio de 2017

A automedicação mata 50 mil pessoas por ano no Brasil. Usar antibiótico ao primeiro sinal de dor de garganta, associar remédios ao anticoncepcional, tomar analgésicos indiscriminadamente, utilizar anti-inflamatórios junto com descongestionantes nasais, são alguns exemplos da famosa automedicação.

Pensando nisso, a Associação Baiana de MedicinaABM solicitou à Propeg uma campanha para alertar sobre os perigos das substâncias usadas de forma indiscriminada, sem a indicação médica. Assim nasceu a ação “Fórmulas” com anúncios que revelam uma verdade que poucos conhecem: certas substâncias são ao mesmo tempo usadas em medicamentos e em produtos industriais tóxicos.  A peça leva a assinatura: “Pode curar ou matar. Só um médico sabe a dose”.

Abaixo você confere as peças. Clique nas imagens para ampliar.

Ficha técnica:
Agência: Propeg
Anunciante: ABM - Associação Baiana de Medicina
Título: “Fórmulas”
CCO: Emerson Braga
Direção de Criação: Fabiano Ribeiro, Amoedo, Bertone Balduino
Head of Art: Luiz Celestino
Redação: Emerson Braga, André Amoedo
Direção de Arte: James Willians, Bertone Balduino
Ilustração: Gabriel Bueno
Pós-produção: Magneto Fotografia
Produção gráfica: Ariana Guerra / André Coni
VP atendimento e gestão: Vitor Barros
Atendimento: Poliana Costa
Mídia: Patricia Seabra e Jessica Iatarelli
Aprovação: Dr. Robson Moura