Sorvete YPY Teen | Qualidade na produção apresenta resultados

03 de Dezembro de 2019

A novidade diminui risco de cárie e passa a ser comercializada em escolas

A nova criação da fábrica de sorvetes YPY, da Florianópolis, está sendo muito bem avaliada nas escolas de Santa Catarina, Grande Porto Alegre, Curitiba, Norte do Paraná e interior de São Paulo. É o sorvete Teen, desenvolvido para atender o mercado de acordo com as novas exigências da legislação que suspendeu a comercialização de “alimentos altamente cariogênicos nas cantinas escolares”.

 

 

Hábitos saudáveis

Há muito tempo não se comercializava gelados na cantina do Colégio Adventista de Gravataí, na Grande Porto Alegre, pois continham ingredientes considerados nocivos à saúde. em 2019, o estabelecimento abriu uma exceção para o YPY Teen, que está sendo muito elogiado. “O produto atendeu plenamente as nossas expectativas”, afirma o diretor do colégio, Laureci Bueno do Canto. Ele ainda comenta “Nossa filosofia sempre foi a de oferecer a alimentação mais natural possível aos estudantes, antes mesmo que o Ministério da Educação estabelecesse critérios para isso”. Pais, alunos e funcionários aprovaram e a preferência ficou confirmada com o crescimento do consumo nestes meses de temperaturas mais elevadas.

 

Aumento

O Colégio Adventista de Gravataí possui cerca de 1.800 alunos e 150 professores e funcionários. Há pouco tempo, recebeu a visita da Vigilância Sanitária, que aprovou a comercialização dos produtos da YPY Sorvetes Premium, após analisar a sua composição. No Colégio Marista Rosário, de Porto Alegre, os sorvetes da YPY foram bem aceitos pela clientela, formada por aproximadamente 3.000 alunos e 400 funcionários. A nutricionista Ana Cláudia conta que a escola já teve máquinas de sorvetes, mas com as novas leis que restringem a venda de itens com gordura saturada foi obrigada a interromper as vendas. “Agora, a adesão é boa e os sorvetes da Ypy vendem bem”, informa a nutricionista.

 

 

Informação sobre o produto

No Colégio Vila Olímpia, localizado no bairro de Jurerê, em Florianópolis, foi elaborado pela proprietária da cantina, Taíse da Rosa Uliano, um cartaz exibindo as características da novidade, e mostrando que outros itens, como sucos e bolachas, contêm ingredientes prejudiciais à saúde. Ela é nutricionista e afirma que o colégio evita incluir frituras e itens industrializados no cardápio dos estudantes. O Vila Olímpia tem cerca de 300 alunos e 60 funcionários, incluindo os professores.

 

 

Qualidade

A YPY, empresa sediada em Florianópolis, é referência em inovação e saúde no segmento de gelados, por não adicionar gordura trans e glúten em nenhum dos itens que produz e ainda contar com uma linha dedicada a quem tem restrições alimentares, com opções sem açúcar e sem lactose. No caso do YPY Teen, a empresa utilizou o eritritol na composição do sorvete, trazendo um diferencial importante, pois é comprovado cientificamente que o referido produto, ao contrário do açúcar - que provoca doença destrutiva dos tecidos calcificados dos dentes -, é um adoçante natural.

O YPY tem foco em escolas de Santa Catarina, Grande Porto Alegre, Curitiba, Norte do Paraná e interior de São Paulo, onde a empresa já chega com sua linha convencional de sorvetes. Os sabores oferecidos são chocolate, chocolate com avelã, morango, creme com morango, coco com flocos e limão. O YPY Teen também chega em embalagem econômica, para reduzir o preço final do sorvete.