Ação da Olla com máquina de camisinhas grátis mostra que as mulheres têm vergonha de assumir sexualidade

12 de Setembro de 2017

A marca de camisinhas Olla realizou uma ação para comemorar o Dia do Sexo, 6 de setembro, data em que a própria marca instituiu em 2008. Criada pela OutPromo, a ação instalou uma máquina de camisinhas grátis na Avenida Paulista, em São Paulo. Um contador digital marcou a diferença entre homens e mulheres que aproveitaram a oportunidade - 672 homens x 238 mulheres - revelando como as mulheres ainda têm vergonha de assumir sexualidade.

De acordo com o B9, a ação foi realizada em paralelo com uma pesquisa que traça um panorama sobre o comportamento sexual e o uso da camisinha por ambos os gêneros em todo o Brasil com a antropóloga Mirian Goldenberg, Professora do Departamento de Antropologia Cultural e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia e Antropologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Com base no resultado, a Olla lançou a campanha #MulheresComPegada, um manifesto sobre a liberdade sexual das mulheres escrito e interpretado por Mel Duarte. Confira no vídeo abaixo.

“Para realizar essa campanha, buscamos antes entender a realidade, as dificuldades e os preconceitos que as mulheres enfrentam quando o assunto é sexo. Quisemos colocar esses pontos em evidência, estimulando uma reflexão e levantando a bandeira da liberdade sexual feminina para que todas se sintam mais livres e seguras, vivenciando sua sexualidade com segurança e proteção, sem medo de julgamentos”, afirmou o head de Marketing de Health da Reckitt Benckiser, Guilherme Nogueira, ao site.

Confira: