Natura termina projeto de instalações que irão evitar emissão de toneladas de CO²

07 de Dezembro de 2019

Estimativa é que a iniciativa evite a emissão anual de 37 toneladas de CO²

Com o objetivo de diminuir o impacto de sua produção ao meio ambinete, a Natura concluiu o projeto que instalou 1.800 m² de painéis de energia solar de última geração em um dos prédios da sede da empresa em Cajamar, região metropolitana de São Paulo.

“Além de buscar eficiência energética, a Natura está produzindo energia limpa. A tecnologia do OPV (sigla em inglês para Organic Photovoltaic) é a de menor impacto possível, dialoga com nossos valores e reflete nosso compromisso com a sustentabilidade, principalmente no combate às mudanças climáticas”, afirma Josie Peressinoto Romero, vice-presidente de Operações e Logística da Natura.

A estimativa é que a iniciativa evite a emissão anual de 37 toneladas de CO², o equivalente ao consumo de 459 residências no Brasil em um mês.