Inovação - Sejam bem-vindos à 3ª Era do Marketing: A Voz do Produto

02 de Agosto de 2015

As marcas estão sempre buscando inovação e mudando constantemente. Quem não observar isso com rapidez acabará perdendo

 

Pela primeira vez os produtos estão tendo a sua voz para falar diretamente com os consumidores, e consumidores também estão tendo a oportunidade de falar diretamente com as marcas, personalizando suas preferências e aperfeiçoando-as na era dos serviços digitais.
No seminário ‘A 3a era do Marketing’, Andy Hosbawm, Fundador e Diretor de Marketing da empresa EVRYTHING,  explica no Lions Innovation, que os produtos se conectam cada vez mais com o consumidor de uma forma muito inteligente na nova era que está sendo considerada como a 3a era do Marketing: A Voz do Produto.

A transformação na indústria
As marcas estão sempre buscando inovação e mudando constantemente. Aquelas que não perceberam isso com rapidez acabaram perdendo consumidores e a sua grande força no mercado. Empresas como a Kodak, Nokia e Blackberry não prestaram atenção a tempo nas mudanças na era digital e se apagaram completamente. Ninguém poderia imaginar que o mundo viveria sem elas. Elas, principalmente, não perceberam as grandes mudanças com a chegada dos smartphones.  

 

Identidade e confiança
As marcas precisam criar uma identidade real e que permita com que a informação e coleta de dados possam fluir ao redor delas e construir situações que sejam relacionadas com o produto, sejam eles aplicativos que possam contribuir para um mundo melhor e ainda mais real. “Tente buscar um formato de gerenciar melhor como a sua empresa coleta informação para se conectar com usuários”, declarou Andy.

Snapshot oferece um serviço que instala um aplicativo em USB nos caros e permite com que as empresas de seguro de automóvel conheçam o perfil de cada motorista. Ela personaliza as cotações de seguro de acordo com a maneira que as pessoas dirigem e oferecem desconto para motoristas responsáveis. 

 

A voz da marca, do consumidor e a do produto.
A grande mudança atual na evolução da comunicação das marcas está chegando na sua terceira era: A Voz do Produto. É importante lembrar que a primeira era do Marketing iniciou com a comunicação de massa sendo o grande fator na era industrial. Simplesmente o havia o lançamento do produto e as campanhas tinham o grande apelo de mídia para promover as marcas. A era atual é considerada a legítima voz do consumidor, onde as pessoas compartilham suas experiências no mundo digital e se comunicam com as marcas, expressando seus sentimentos. Mas a grande era que está por vir é a Era da Voz do Produto, onde os dados se comunicam com as marcas e as marcas respondem aos dados, gerando também um enorme entendimento dos consumidores pelas empresas. Você pode seguir um objeto e um pessoas no twitter e usos metafóricos estão surgindo para serem aplicados aos produtos. Busque encontrar uma identidade com o objeto e use esta relação para fazer várias coisas interessantes que possam interessar fornecedores e principalmente consumidor.

Um produto com valor digital sai na frente da concorrência
Quando dois produtos competem no mesmo segmento e um deles tem um valor digital acessível que apresenta um diferencial na preposição da marca, ela já sai na frente ao promover possibilidade de compartilhamento de variadas tipos de dados. 

O produto como mídia oferece uma poderosa proposição para a marca
Várias empresas estão personalizando produtos com mensagens digitais. A Diagio produziu 100.000 garrafas personalizadas que se conectam na web para o Johnnie Walker na data comemorativa do Dia dos Pais, e cada uma delas revelaria um vídeo com uma mensagem onde os filhos tinham a chance de mostrar seus sentimentos. 
Vários exemplos mostram o sucesso da transformação de produtos para interagirem no universo digital. A Pizza hut criou um projetor de cinema a partir de suas caixas de pizza. O Google Cardboard através do visor de realidade virtual. 
A relação digital entre produtos e o consumidor está cada vez mais próxima. O valor da marca tem um valor muito mais inferior do que a experiência digital dos consumidores e com isso as marcas obter ainda mais informações sobre o perfil do seu público. 

A união das marcas
Os produtos precisam ser inteligentes. O valor que está por trás do serviço que elas oferecem é muito maior do que o próprio produto. Muitas marcas buscam a associação com outras marcas para integrar as coisas e agregar muito mais valor para elas, como por exemplo, a possibilidade de você comprar uma pizza do Pizza Hut, através do sensor de voz de um BMW e realizando o pagamento com VISA.  Promova a sua marca através de parcerias para fortalecer ainda mais a maneira na qual você deseja entender o seu público.