Grupo vencedor do Hackathon NSC apresentou solução para reorganizar interação com o público

02 de Dezembro de 2019

A maratona de 32 horas teve como objetivo propor formas de pensar a comunicação do futuro

Foto: Marcos Campos

 

Realizado em Florianópolis, no último sábado (30/11) e domingo (1/12), a 1ª edição do Hackathon NSC reuniu 39 pessoas de diferentes Estados para cocriarem novas formas de pensar a comunicação do futuro em Santa Catarina. Os participantes contaram com o apoio de 30 mentores, dentre eles especialistas em comunicação, empresários, desenvolvedores e investidores.

Corpo de Jurados
Seis nomes de referência no mercado foram convidados a serem jurados no Hackathon. Bruno Watté e Luciano Moura, diretores da NSC junto a Rodrigo Lossio da Dialetto, Jailson de Sá do Acontecendo Aqui, Alexandre de Souza do Sebrae e Henrique Bilbao da Blusoft foram os responsáveis pela missão de nomear o projeto vencedor.

Maratona
Após as 32 horas de trabalho entre sábado (30) e domingo (1/12), em uma maratona de desafios, aprendizados e inovação, o grupo hiCom foi eleito entre os 7 grupos participantes, por apresentar a melhor solução. A proposta atende à necessidade de intensificar as interações entre o público e as redações por meio de uma ferramenta de coleta de dados e informações enviadas via WhatsApp.

Os integrantes do grupo hiCom
Karine Iris Rosa, Fernanda Brecht, Ana Júlia Bittencourt Fogaça, Vinicius Estevam, Edson Burg e Matheus Rodrigues Urbano - levaram como prêmio uma viagem para o Rio de Janeiro, onde terão a oportunidade de visitar cases de inovação. O evento segue o Hack Day Manifesto, que garante propriedade intelectual aos participantes dos projetos desenvolvidos. Todas as informações estão disponíveis no site do Hackathon NSC.

"O ano tem sido emblemático nesse nosso caminho digital. Começamos 2019 inaugurando o NSC Lab e agora fortalecemos ainda mais o digital com as informações de todos os jornais no NSC Total, mantendo uma edição impressa de cada título nos fins de semana. Fazer o Hackathon NSC no Parque Gráfico é fazer a interface entre a nossa história - entre o passado e o futuro. Tem um simbolismo muito grande essa nossa abertura para o ecossistema digital formado em Florianópolis, que é um ecossistema de inovação", afirma Viviane Goulart, gerente do núcleo digital da NSC.

O evento, organizado em parceria com a Shawee, empresa referência no segmento de hackathons, apresentou dois desafios aos 30 participantes, que tinham um tempo limitado para apresentar um produto minimante viável usando a tecnologia.

"Todos estavam muito motivados para concluir os projetos. Apesar do cansaço, as soluções superaram as expectativas. A experiência e o aprendizado é enorme em um hackathon", comenta Rodrigo Ferron, CEO da Shawee.