É hora de desligar o piloto automático: a criatividade anseia por variedade

14 de Agosto de 2017

A ciência destaca que expor-se a novas experiências e ideias ajuda a aumentar a criatividade e construir equipes com uma mistura eclética de conhecimentos e perspectivas impulsiona o debate construtivo e a inovação. Pesquisas de Scott Barry Kaufman e Gregoire [2016] revelaram que a abertura para novas experiências é o principal preditor de conquistas criativas em artes e ciências. E a criatividade consiste em fazer novas conexões.

De acordo com Pesquisadores da Universidade de Washington, a inteligência é determinada por partes iguais, a parte superior da matéria cinzenta e a força das conexões entre diferentes áreas do cérebro. Muito parecido com o QI, sua influência criativa é determinada pela sua capacidade de alternar entre e conectar idéias diferentes em partes diferentes.

"Para que possamos realmente criar e contribuir com o mundo, temos que ser capazes de conectar inúmeros pontos, polinizar as ideias de uma variedade de disciplinas, combinar e recombinar essas peças e construir novos castelos (...). Quanto maior esses blocos de construção, e quanto mais diversas suas formas e cores, mais interessantes serão os nossos castelos", explicou Maria Popova, editora da BrainPickings.

Mas como é possível se abrir para novas experiências, coletar mais blocos e construir melhores castelos? O Open For Ideas listou três ações:

1) Desligue seu piloto automático: simplesmente alterar a sua rotina diária pode expô-lo a novas experiências e aumentar a criatividade. Os caminhos neurais já percorridos são abandonados e novas conexões são feitas, levando a ideias novas e originais. 

2) Satisfaça sua curiosidade e aprenda uma nova habilidade. 

3) Desafie-se de não voltar ao mesmo restaurante ou a viagem durante pelo menos um mês. 

 

Oriundo do Open For Ideas.