Bynd cria plataforma que beneficia mobilidade urbana

30 de Outubro de 2019

Entre os benefícios, é possível otimizar as vagas dos estacionamentos, viabilizar a integração de pessoas, além de contribuir para a sustentabilidade, diminuindo a quantidade de CO2 emitido por conta do deslocamento

Ir ao trabalho, na maioria da capitais brasileiras, acaba sendo uma tarefa difícil. Em São Paulo, por exemplo, a média de tempo por dia no trânsito é de três horas, segundo o Ibope. Este fato acaba prejudicando a qualidade de vida das pessoas, o meio ambiente, além das empresas sofrerem com o atraso dos funcionários, que interfere na produtividade.

Cerca de 64% dos carros que se deslocam pela cidade levam somente os motoristas, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB). Dessa forma, são muitos assentos que sobram, e é exatamente nisso que a empresa paulista Bynd se destacou, trouxe às pessoas uma solução diferente para a mobilidade: uma rede de caronas corporativas que oferece segurança, otimização e economia no transporte dos funcionários de grandes companhias.

Para utilizar a plataforma, é necessário que a empresa contrate a Bynd, que dispobiliza a plataforma e aplicativo como benefício para os funcionários. A solução possibilita que os colaboradores com rotas compatíveis compartilhem seus trajetos em uma rede fechada. Dessa forma, uma pessoa que usava o carro para se deslocar sozinha para o trabalho, agora pode ocupar os assentos vagos. O aplicativo aprende com a rotina dos usuários e sugere automaticamente as melhores caronas. Vale destacar ainda que há um filtro exclusivo para mulheres.

Entre outros benefícios, é possível otimizar as vagas dos estacionamentos, viabilizar a integração de pessoas da companhia, além de contribuir para a sustentabilidade, diminuindo a quantidade de CO2 emitido por conta do deslocamento. A startup estima que uma empresa com mil colaboradores consiga economizar até R$ 173 mil por ano com transporte e vagas de estacionamento. Para incentivar a utilização por parte dos colaboradores, o aplicativo conta com uma forte estratégia de gamificação por meio da distribuição de pontos Multiplus e Livelo, tanto para os motoristas, como para quem pega carona.

“As pessoas não suportam mais o trânsito, as empresas perdem produtividade, as pessoas perdem qualidade de vida por causa desse caos, e o ar das nossas cidades está cada vez mais poluído. A mobilidade das cidades ainda privilegia muito o carro e a sociedade já percebeu que esse modelo é falho e não beneficia ninguém. O que estamos propondo é a revolução na mobilidade usando a infraestrutura de transporte que já existe, ocupando os assentos livres dos carros, com segurança, através da tecnologia. É uma reorganização e uma nova maneira de usar o carro, há espaço para isso, é urgente que a mobilidade se torne eficiente”, explica Gustavo Gracitelli, CEO da Bynd.

Gracitelli ainda afimra que, aplicado em larga escala, o Bynd pode viabilizar um trânsito mais leve, pessoas mais tranquilas e empresas mais produtivas. “Mais de 50% das viagens na cidade de São Paulo têm como motivo o trabalho. Se houver otimização do uso dos assentos vagos nos carros, é possível mudar radicalmente a realidade de mobilidade das cidades. Nossa tecnologia viabiliza isso e, como a cultura da carona ainda está se fortalecendo no Brasil, investimos em uma forte estratégia de comunicação combinada com gamificação para incentivar os colaboradores a participarem das caronas”, completa.