Prêmio AF de Arte Contemporânea 2019 anuncia vencedor

14 de Outubro de 2019

Romeu Silveira, de Itajaí, é o artista vencedor da edição 2019 da premiação

Fotógrafo, escritor e “apropriador”, Romeu Silveira é o artista vencedor do Prêmio AF de Arte Contemporânea 2019, uma das premiações mais importantes do Estado. O anúncio foi feito na última quinta (10), na abertura da exposição oficial com os três finalistas da sexta edição do prêmio — Anna Moraes, Cyntia Werner e Romeu Silveira — na Fundação Cultural Badesc, na Capital. Silveira fará uma residência artística de três meses na Cité Internationale des Arts, em Paris.

Com interesse na intersecção entre fotografia e apropriação, literatura, artes visuais e publicações de artista, o artista de 30 anos tem focado suas pesquisas em escrita criativa/não-criativa e poesia visual. Nesta entrevista, ele fala sobre a trajetória de designer gráfico a artista visual e as muitas possibilidades imagéticas e em poesia visual – do meme a uma conversa de WhasApp.

A exposição segue aberta ao público até 14 de novembro na Fundação Cultural Badesc. Com trajetórias consistentes e produções conectadas às discussões da atualidade, os três finalistas apresentam mostras paralelas em todo o espaço expositivo Fernando Beck. Cada com criações em diferentes mídias: desenho, fotografia e múltiplos suportes.  A seleção foi feita pelo júri formado por Rosângela Cherem, professora e pesquisadora em história da arte, curadora, doutora em história e literatura; Ylmar Corrêa Neto, curador e colecionador de artes; e Diego Groisman, historiador da arte, mestrando em artes visuais e gestor de espaço de artes no Rio Grande do Sul.

Obra de Romeu Silveira