Iuri Forte, Sócio da Glóbulo, participa do Web Summit 2019

01 de Novembro de 2019

Iuri tem o objetivo de estreitar ainda vez mais a parceria nos segmentos de inovação entre os catarinenses e lusitanos

 

Entre os dia 4 e 7 de novembro, Iuri Forte, sócio da Glóbulo, empresa de Florianópolis que repensa marcas e negócios, estará no Web Summit, em Lisboa, para estreitar ainda mais a parceria nos segmentos de inovação entre os catarinenses e lusitanos. A empresa catarinense foi quem trouxe o primeiro Web Summit ond the Road para o Brasil, com aprovação do Web Summit europeu que aconteceu em agosto deste ano na cidade de Lages. 

Uma das expectativas de Iuri para o evento, é encontrar inspiração e tendências para o desenvolvimentos de projetos que já estão em andamento aqui no Brasil,  como o reposicionamento da desenvolvedora de softwares NDD, que atualmente está atuando em 20 países e projeta mudanças tanto na sua marca, quanto na sua estratégia de negócio. O Criatividade também é um dos projetos em andamento, formato inédito que une inciativa pública e privada e será entregue dia 21 de novembro, aniversário de Lages. Este projeto tem o intuito de definir uma marca de propósito para a cidade serrana. Além disso, o Criaticidade será um dos temas que Iuri Forte levará para o Web Summit, pois encaixa-se nas discussões sobre como repensar ecossistemas, um assunto com bastante popularidade em Portugal neste momento, e um movimento que a Glóbulo pretende aquecer no Brasil.

Concluindo um ano bastante produtivo, a Globulo assinou projetos importantes em 2019 como a ressignificação da marca da Associação Comercial e Industrial de Florianópolis, a ACIF, apresentada no aniversário de 104 anos da instituição em maio passado na Capital, e também entregou recentemente o projeto do novo posicionamento de negócio da Involves, empresa catarinense desenvolvedora de soluções para trade marketing, -  que acaba de completar dez anos com mais de 500 clientes no Brasil e em outros 20 países da América Latina, e mais de 50 mil usuários ativos em seu software, - que teve como orientação do trio de sócios da Globulo Alex Lima, Diogo Machado e Iuri Forte, a adoção do modelo branded house, onde todas as suas marcas são sua extensão.