Sesc leva Mostra de Cinema de Animação do diretor japonês Hayao Miyazaki para sete cidades catarinenses

16 de Março de 2017

De 28 a 30 de março, o Sesc em Santa Catarina apresenta a Mostra de Cinema de Animação Hayao Miyazaki nas Unidades em Florianópolis (Prainha), Itajaí, Joinville, Jaraguá do Sul, Lages, Chapecó e Cine Teatro Mussi em Laguna, com entrada franca. Serão exibidas três obras-primas do cineasta, considerado um dos mestres da animação japonesa: “Meu Amigo Totoro” (28), “Princesa Mononoke” (29) e “Nausicaä do Vale do Vento” (30). Os ingressos gratuitos devem ser retirados com uma hora de antecedência no local do evento. Os horários das sessões em cada cidade podem ser consultados em sesc-sc.com.br/projeto/161.
 
Miyazaki é membro fundador do “Studio Ghibli”, consagrado estúdio de animação do Japão e contribuiu fortemente para o desenvolvimento do gênero no mundo, trazendo maior profundidade e beleza. Em 2014, recebeu um Oscar Honorário pelo seu impacto no cinema – o segundo de sua carreira. Em 2003 ganhou a estatueta de Melhor Filme de Animação com “A Viagem de Chihiro”.
 
Em sua filmografia o diretor aborda temas recorrentes como a relação da humanidade com a natureza e a tecnologia, sempre com muita poesia e um efeito visual encantador. Miyazaki costuma retratar os protagonistas como pessoas fortes, independentes, e na maioria das vezes aposta na figura feminina.
 
A programação abre no dia 28 de março com “Meu Amigo Totoro” (1995). O filme conta a história de Mei, uma jovem que encontra uma pequena passagem em seu quintal que a leva a um lendário espírito da floresta, conhecido como Totoro. Sua mãe está no hospital e seu pai divide o tempo entre dar aulas na faculdade e cuidar de sua mulher doente. Quando Mei tenta visitar a mãe por conta própria, se perde na floresta e só o grande e fofo Totoro pode ajudar a menina a achar o caminho de volta para sua casa.
 
No dia 29 de março será exibido o filme “Princesa Mononoke” (1997), uma fábula sobre a eterna luta entre o homem e a natureza, sem bons ou maus, vencedores ou perdedores. Cada um lutando por sua própria sobrevivência. A história começa quando a aldeia de Ashitaka é invadida por um estranho demônio, e quem resolve enfrentá-lo é o corajoso príncipe. Ele luta com o bicho e consegue matá-lo, mas antes fica com o braço ferido e é contaminado por uma maldição. Ele irá se corroer pelo ódio até se tornar um demônio igual ao outro e morrer, a não ser que ele vá atrás da cura na floresta proibida. É aí que começa a jornada de Ashitaka, que vai enfrentar animais fantásticos, princesas amaldiçoadas e os mistérios da natureza. O príncipe vai conhecer também os homens que querem destruir a floresta e a pequena San, ou Princesa Mononoke.
 
A mostra encerra no dia 30 de março com “Nausicaã do Vale do Vento” (1985). Nesta animação, a humanidade se esforça em sobreviver em um mundo em ruínas, divididos em pequenas populações e impérios, mil anos após os "7 Dias de Fogo", um evento que destruiu a civilização humana e a maior parte do ecossistema da Terra. Isolados um dos outros pelo "Mar da Corrupção" e uma floresta tóxica com plantas e insetos gigantes, Nausicaã, é a princesa do pequeno reino do Vale do Vento, que tenta compreender melhor estas florestas nocivas aos humanos, ao mesmo tempo que tenta salvar seu povo dos reinos vizinhos.

 
Mais informações:
Cine Teatro Mussi Laguna - Rua Osvaldo Cabral, 165 – Centro Histórico (48) 3644.0152 
Sesc em Chapecó - Rua Brasília, 475-D – J. Itália (49) 3319.9100
Sesc em Florianópolis (Prainha) - Travessa Syriaco Atherino, 100 - Centro, (48) 3229.2200
Sesc em Itajaí - Rua Almirante Tamandaré, 259 – Centro (47) 3249.3850
Sesc em Joinville - Rua Itaiópolis, 470 – Centro (47) 3441.3300
Sesc em Jaraguá do Sul - Rua Jorge Czerniewicz, 633 (47) 3275.7800
Sesc em Lages - Av. Dom Pedro II, 1693 (49) 3322.3936