Literatura e teatro: uma união que dá certo

10 de Julho de 2017

Escolher um clássico da literatura, trabalhar a história, pensar nas falas e no roteiro. Tudo isso faz parte do processo da atividade de gêneros literários, produzida pelos 9° anos na disciplina de Língua Portuguesa do Colégio Energia. “O objetivo é unir a literatura e o teatro e entender mais sobre os gêneros de drama, comédia e lírico” explica Luciana, professora que ministra a disciplina.

A ideia de trabalhar os temas em conjunto acontece no Energia desde as turmas iniciais, em que os alunos são direcionados e incentivados a essa prática em diversos eventos promovidos pela escola, como Dia Mundial do Livro, Folclore Brasileiro e também no Halloween. Treinar a oralidade e instigar os estudantes a opinar e sugerir ajuda não só durante o período escolar, mas também na construção da cidadania deles.

No Ensino Médio, a prática de unir teatro e literatura acontece com ainda mais força e mais desafios. Ali, os alunos precisam ler a obra, conhecer os personagens e interpretá-los, montar cenários, dirigir e até produzir o cartaz. A Noite de Aplausos, em outubro, movimenta mais de 400 alunos das 1ª e 2ª séries e envolve praticamente todo o grupo de professores do segmento no Energia. O evento acontece há pelo menos 20 anos e a cada edição, um tema diferente que engloba clássicos da literatura, autores ou artistas. 

Na preparação, os alunos aprendem a conviver e trabalhar em grupo e, principalmente, lidar e aceitar as diferenças. Além disso, os projetos são ótimos para trazer à tona aquelas habilidades que os estudantes têm e que acabam sendo deixadas de lado na sala de aula. “Eles resgatam e exploram suas habilidades artísticas, aproveitando os talentos que já tem”, comenta Fátima, professora do departamento de Língua Portuguesa do Ensino Médio do Energia. 

Os projetos são resultado da união da literatura e do teatro, que proporciona aos alunos trabalhar obras clássicas do cenário mundial e desenvolver o olhar dos estudantes por outros pontos de vista que não somente o da leitura. No teatro, as possibilidades aumentam e dão asas a imaginação, resultando na união de ideias e muito trabalho em equipe. Ninguém quer ficar de fora da movimentação e todo mundo quer ter o gostinho de ser um pouco dramaturgo, diretor ou roteirista.