Circuito FAM de Cinema percorre 28 cidades catarinenses com os filmes vencedores do 20º Florianópolis Audiovisual Mercosul

12 de Maio de 2017

O Circuito FAM de Cinema, que no mês de maio vai exibir os filmes Vencedores do 20º Florianópolis Audiovisual Mercosul, tem como lema descentralizar e democratizar o acesso às produções de cinema do Mercosul para todo o público. Nesta edição, o Sesc é parceiro do Circuito FAM de Cinema e 20 unidades do estado recebem os filmes da mostra Itinerante. A Universidade do Estado de Santa Catarina mantém o apoio firmado em 2014 e sete centros da UDESC recebem a programação.  Ao todo 28 cidades de todas as regiões de Santa Catarina em 40 pontos em mais de 200 exibições. 

O Circuito FAM de Cinema 2017 está dividido em cinco programas diferentes com os filmes eleitos pelo Júri Oficial e Popular no FAM do ano passado, inclui 11 curtas e dois longas-metragens, com programação adulto e infantojuvenil.

A Sessão 1 exibe o filme 5 x Chico, o Velho e sua gente, de Ana Rieper, Camilo Cavalcante, Eduardo Goldenstein, Eduardo Nunes e Gustavo Spolidoro, (90 minutos), foi eleito o Melhor Documentário pelo Júri Oficial da mostra Doc-FAM. O documentário retrata a fé, as paixões, as lendas e a busca pela sobrevivência nas comunidades ribeirinhas do gigante Rio São Francisco nos cinco estados pelo qual passa até a deságua no mar do Nordeste brasileiro e leva vida a mais de 16 milhões de brasileiros.

Na Sessão 2, o documentário eleito pelo Júri Popular na Mostra DOC-FAM, Olhar de Nise, de Jorge Oliveira e Pedro Zoca (90 minutos). Nise da Silveira se recusa a usar o choque elétrico e adota a arte terapia para tratar seus pacientes. As obras dos talentosos artistas que encantam C.G. Jung são parte da mudança de vida de milhares de pessoas e da medicina.

A Sessão 3, com duração de 44 minutos, traz os ganhadores da Mostra Infantojuvenil. A descoberta na infância passa por muita curiosidade e algumas dificuldades em O melhor som do mundo, de Pedro Paulo de Andrade e Meu pequeno herói não sabe voar, de Pedro Jorge. Já em Òrun Àiyé - A Criação do Mundo, de Cintia Maria e Jamile Coelho nos aproximamos de outro mundo que faz parte dos mitos de nossa criação.

Na Sessão 4, a classificação indicativa é de 12 anos e estão os vencedores da Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense e compreende os filmes Chacal - Palavra Filme, de Piu Gomes, apresenta o poeta em seu próprio estilo. Os perigos ao meio ambiente estão retratados em Castillo y el armado, Pedro Harres, e Deserto verde, de Juliana Kroeger, este último uma produção catarinense. Uma luz de equilíbrio nos dá esperança em Jasy Porã, de Pavel Tavares. Duração 90 minutos.

E a Sessão 5, os Vencedores da Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense. O grande premiado do FAM 20 anos e de diversos Festivais Rosinha, de Gui Campos, conta a história de amor que já chegou a terceira idade.Uma comédia com D.E.U.S , de Rafael Costa e muita cultura de comunidades nativas em Las musas de pogue,  de Germán Arango e Buracão,  de Teka Simon e Camila Oliveira, tem classificação indicativa de 14 anos e duração de 80 minutos.

A programação completa está disponível no endereço famdetodos.com.br.