Preparação para o vestibular deve começar agora

28 de Fevereiro de 2020

Psicóloga Leticia Cerutti dá dicas para criar um cronograma de estudos personalizado e eficiente

Engana-se quem pensa que a dedicação para o vestibular inicia apenas no terceiro ano do Ensino Médio ou, mais intensamente apenas no segundo semestre do ano letivo. Os resultados comprovam que aqueles que se dedicam por mais tempo e traçam estratégias de estudo têm mais chance de garantir um bom desempenho nas provas. A grande questão é: como sensibilizar os alunos para isso?

 

Para resolver este dilema o Colégio Energia Florianópolis criou o Grupo de Apoio ao Vestibulando (GAV), que auxilia os estudantes que estão passando por este momento a lidar melhor com os períodos de decisão, mudança, conflitos, dificuldades e ansiedade. A psicóloga Leticia Cerutti, responsável pelo GAV, explica que o foco das ações do grupo é ajudar o aluno a se organizar. “Existem várias técnicas de estudos, não há uma fórmula correta, casa aluno precisa criar ou conhecer a maneira que mais funciona para ele. Por isso trabalhamos bastante o autoconhecimento”, conta.

 

De acordo com a psicóloga, é importante mostrar aos estudantes que eles precisam aprender a gerenciar o tempo e reservar pausas para descanso, para assimilar melhor as matérias. Por este motivo, a preparação deve iniciar cedo, fazendo com que a estratégia de estudo se torna um hábito. Além disso, é extremamente importante que a família apoie este momento e não faça mais cobranças. Entre os receios mais comuns destes jovens estão o medo de não conseguir a nota necessária, medo de não gostar do curso escolhido, medo de não dar conta do conteúdo que precisa ser estudado e de decepcionar familiares e amigos.

 

Separamos algumas dicas valiosas que devem ser colocadas em prática o quanto antes. Ao criar o próprio cronograma de estudos de acordo com a sua realidade torna-se mais possível executar todas as tarefas com menos sofrimento e cobranças e com mais estímulo.

 

  • O primeiro passo para um bom cronograma de estudos é conhecer a sua rotina, listar as atividades diárias e o tempo investido em cada uma delas;
  • Depois é necessário fazer a gestão do tempo e avaliar se o tempo empregado em cada uma das atividades poderá ser alterado ou não;
  • Feito isso, é hora de identificar todas as matérias que serão estudadas por dia e separar por grau de complexidade, de modo que as matérias mais complexas ou de maior grau de dificuldade tenham maior atenção e mais tempo dedicado a elas;
  • Para distribuir as matérias no cronograma de estudos é preciso levar em conta as atividades fixas e também os finais de semana de descanso.
     

Podcast>>> Para ouvir o conteúdo acima. basta clicar aqui