Direto da Califórnia: compartilhando um novo olhar sobre inovação através do marketing que começou em 2011

06 de Junho de 2015

Inovação e Brand

Escrevo direto da Califórnia, onde estou por 2 semanas para um treinamento em inovação na Santa Clara University e um trabalho na área de Social Branding com o Simon Mainwaring que é nosso parceiro na Clear Inovação, para um cliente da Clear aí no Brasil.  

Para iniciar gostaria de refletir com vocês: quem trabalha com marketing pouco tem falado de produtos e serviços, passou a falar em foco no cliente e experiências dos clientes, não é?

Mas será esse um discurso, moda ou prática?

Para mim isso ainda está muito no discurso em nosso país, mas acho que para os consumidores está se tornando uma realidade. Em suas decisões de compra, olhar se a marca do produto ou serviço que pretende comprar está sendo genuína e transparente ao se comunicar com ele, se pode fazer alguma diferença nas coisas que ele acredita e nos seus propósitos de vida.  

Bem, para contar de onde vem essa minha crença, compartilho com vocês uma experiência pessoal que começou em 2011, naqueles momentos em que você reforça a sua certeza de que nada acontece por acaso (uma das poucas certezas que tenho).  

Tudo começou em 2011 quando fui impactada por um evento diferente que aconteceria pelo segundo ano consecutivo em Nova Iorque: o Social Good Summit. O SGS trataria de um assunto novidade na época: o uso das tecnologias, novas mídias e pensamento inovador para a mudança social. Bem, resolvi ir conferir o que estava rolando e que me parecia ser tão inovador e legal. E aí começa a minha história de descobertas múltiplas, na minha vida profissional como empresária. Naquele momento eu estava em busca de um sentido maior, um propósito para continuar a empreender no mundo do marketing e inovação; e também no meu caminho de vida como uma pessoa que deseja fazer sua parte para um impacto maior no social. No caminho como voluntária, aqueles que me acompanham aqui sabem que esse foi o momento do nascimento do Social Good Brasil, que de um sonho, em 2011 virou um programa nacional que reúne milhares de pessoas no Brasil inteiro. Uma rede de pessoas que acreditam na força das novas mídias, tecnologias para a mudança social.  

Mas na minha vida profissional, na minha carreira e na minha vida como empresária, tive um impacto ainda maior. Estava em uma fase da vida, por volta de 42 - 49 anos, em que grande parte das pessoas começa a se questionar sobre sua carreira, sua vida pessoal e suas escolhas. Depois de muito pensar, me analisar, ouvir as pessoas que confio, cheguei a conclusão que queria mudar muito a minha vida profissional e minha trajetória como empresária. Tinha um sentimento que se eu continuasse a trabalhar com marketing (como fazia há 23 anos) seria de uma forma totalmente nova, de uma forma que eu conseguisse juntar o que eu acredito como pessoa ao meu trabalho diário como empresária. Mas, sinceramente, eu não tinha a menor ideia do que era...E aí, nessa ida a Nova Iorque para meu trabalho voluntário, buscando inspiração para agir na minha crença de que através da tecnologia, novas mídias e inovação podemos ter um mundo muito melhor, encontrei o que estava buscando.  

Quando vi no palco do Social Good Summit o Simon Mainwaring (autor do Best Seller We First e criador da metodologia Social Branding Blueprint) tive a sensação, que depois se tornou certeza, de que ele estava falando e trabalhando com o que eu queria ouvir e trabalhar. Me determinei a conhecer melhor suas ideias, sua metodologia e sua pessoa. Através do twitter fiz o primeiro contato com ele, que se mostrou muito aberto ao Brasil e estar conosco no, ainda no campo das ideias, Seminário Social Good Brasil. E assim seguimos conversando e o ele se tornou o keynote speaker de abertura do primeiro seminário com o tema Social Branding.  

Bem, a partir daí conheci de perto suas ideias e sua pessoa. Entendi o porquê de um profissional mega premiado (mais de 60 prêmios top, sendo 16 leões em Cannes), um diretor de criação de grandes agências, que foi responsável por mais de 5 anos pela conta da Nike, trabalhou no reposicionamento de marcas como Coca Cola e Patagônia, tinha mudado radicalmente seu confortável caminho no mundo da publicidade, porque ele largou tudo por um propósito maior, e me encantei.  

E aí começou o meu caminho no Social Branding, caminho que acredito e que me preenche, que me move para continuar a trabalhar nesse campo. Uma metodologia inovadora que realmente aproxima as marcas dos clientes, que proporciona a abertura de uma conversa legítima e transparente, que proporciona que uma marca lidere uma conversa importante para a sociedade, que deixa genuinamente as marcas mais sociais. Que enfim, me anima a trabalhar todos os dias com um propósito maior, assim como faço para o Social Good Brasil.

E aqui estou, assim como o Simon, que é um pouco mais ousado e diz que aposta a sua vida, apostando que o Social Branding fará parte da vida de todas as marcas de sucesso daqui a alguns (poucos) anos. E por isso venho me dedicando a estudar e implementar a metodologia do We First, inclusive trabalhando junto com eles para um cliente da Clear no Brasil.  

Essa semana estou na Califórnia e tive a oportunidade de trabalhar com o Simon e a Jill em Los Angeles na última sexta feira, o que foi ótimo. E o Simon sempre me fala: quem diria que palestrar no Social Good Summit em 2011 me levaria ao Brasil e iniciaria essa parceria com vocês da Clear?   E para compartilhar conhecimento sobre Social Branding, preparei o Whitepaper “Inovação através do Branding: Social Branding Blueprint" com as dicas mais novas do We First, da última revisão de sua metodologia que ainda nem está publicada. Espero que gostem.   Até a próxima coluna.

Fernanda Bornhausen Sá

  • imagem de fersa
    Fernanda Bornhausen Sá é psicóloga com especializações em administração e orientação profissional. Possui mais de 20 anos de experiência na área de comunicação e publicidade, como sócia e dirigente de agências onde atendeu grandes marcas como a Caixa Seguros e a Malwee. É Presidente voluntária do IVA onde idealizou e lançou o www.voluntariosonline.org.br É sócia e diretora da Clear Educação e Inovação e Fellow do Synergos Institute.